1942

No Brasil

9, 12, 14, 16, 19, 21, 23, 27 e 30 de maio. Nove recitais de Alexander Brailowsky no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
 
25 e 28 de maio; 2 e 9 de junho. Quatro recitais de Mieczyslaw Munz no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
 
16 e 18 de junho. Dois recitais de Ignaz Friedman no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Julho.  Realização do concurso de piano Columbia Concerts, na Escola de Música da UFRJ. O juri foi presidido por Guiomar Novaes, e contou também com Alcina Navarro de Andrade, Noemia Bittencourt, Eugene Taizline, Lorenzo Fernandez, Fructuoso Vianna, Andrade Muricy, Radamés Gnattali, Edoardo di Guarnieri e Murilo de Carvalho. Dentre os 10 pianistas que chegaram à final, Arnaldo Estrella foi o vencedor, interpretando Bach, Chopin, Brahms, De Falla, Debussy (Feux d'artifice), Rachmaninoff (um dos concertos), e Villa-Lobos (Impressões Seresteiras). Alguns dos outros pianistas que chegaram à final foram Adolfo Tabacow, Mercê da Silva Telles, Ruy Botto Cartolano, Walkyria Passos, Eunice Catunda, Estelinha Epstein, e Anna Stella Schic.

18 de julho. Primeira apresentação de que se tem notícia do Choros No.11 de Heitor Villa-Lobos, por José Vieira Brandão ao piano, e Heitor Villa-Lobos regendo a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, TMRJ.
 
10, 14 e 17 de setembro. Três recitais do pianista russo Nikolai Orloff no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

 

No mundo