1929

No Brasil

25 de abril. Recital do Quarteto Brasil, com participação da pianista Antonietta Rudge e do violinista Frank Smit, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

23 de maio. Recital de Ignaz Friedman pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

29 de maio. Recital de Maria Antonia com obras de Bach-Philipp, Mozart, Brahms (Variações sobre um tema de Paganini - 2º caderno), Burnay, Rosenthal, Henrique Oswald, Rimsky-Korsakoff, Liadov. TMRJ.

1º de junho. Dora Bevilacqua sola o Concerto de Rimsky-Korsakoff com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ.

2 de junho. Recital de Maria Antonia com obras de Schumann, Debussy, Philipp, Barrozo Netto, Pierné, Saint-Saëns-Liszt. TMRJ.

6 de julho. Recital de Emil Frey com obras de Vivaldi-Philipp, Friedman-Bach, Mendelssohn, Schubert (Fantasia Wanderer), Chopin, Frey, e Liszt. TMRJ.

9 de julho. Recital de Emil Frey com obras de Bach-Busoni, Beethoven, Mussorgsky (Quadros de uma exposição), Frey, Ravel, e Rachmaninoff. TMRJ.

12 de julho. Recital de Emil Frey com obras de Chopin (incluindo as quatro Baladas). TMRJ.

14 de julho. Recital de Emil Frey com obras de Beethoven (32 variações), Gluck-Saint-Saëns, Schumann (Estudos sinfônicos), Tchaikovsky, Scriabin, Borodin, Liapunov. TMRJ.

19 de julho. Recital de Augusto Monteiro de Souza, primo de Washington Luís, com a presença do presidente. Obras de Beethoven, João Nunes, Luiz Heitor, Liszt, Lachmund, e Anton Rubinstein. TMRJ.

20 de julho. Recital de Emil Frey pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

10 de agosto. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Bach-Liszt, Bach, Mozart, Beethoven, Scriabin, Chopin, Liszt (Réminiscences de Don Juan). TMRJ.

13 de agosto. Estreia das 16 Cirandas de Villa-Lobos, por Tomás Terán, no Teatro Lírico, Rio de Janeiro.

14 de agosto. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Bach, Chopin, Albéniz, Wagner-Liszt, Liszt. TMRJ.

18 de agosto. Recital de Emil Frey com obras de Liszt, Mozart, Schubert-Liszt, Chopin, Frey, Medtner, e Scriabin (incluindo Sonata No.4). TMRJ.

3 de setembro. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Bach-Liszt, Bach, Tajcevic (Cinco danças balcânicas, em 1ª audição no Rio de Janeiro), Borodin, Mussorgsky (6 peças dos Quadros de uma exposição), e Chopin. TMRJ.

4 de setembro. Recital de Lourdes Milone Vaz com obras de Bach-Tausig, Beethoven (32 variações), Liszt, Chopin, Rachmaninoff, De Falla, Debussy, MacDowell, Albéniz, Philipp, Saint-Saëns. TMRJ.

14 de setembro. Recital de Dolores Cecília de Vasconcelos com obras de Scarlatti, Bach, Beethoven, Henrique Oswald, Villa-Lobos (O Camundongo de massa), Neeman, Toch, e Chopin. TMRJ.

15 de setembro. Recital com obras de Villa-Lobos, com pequeno conjunto sob regência do autor, e com participação da pianista Luclilia Guimarães Villa-Lobos, da cantora Elsie Houston e do violinista Mauricio Raskin, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

19 de setembro. Recital de Honorina Silva com obras de Scarlatti, Franck, Lorenzo Fernandez, Barrozo Netto, Francisco Braga, Henrique Oswald, Chopin, Liszt e Mendelssohn. TMRJ.

19 de outubro. Heloísa Meira sola o Concerto No.5 de Saint-Saëns, em primeira audição no Rio de Janeiro, com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ.

24 de outubro. Edith Bulhões Marcial sola o Concerto No.3 de Beethoven; Lycinio Morisson sola o Concerto No.5 de Beethoven; e Radamés Gnattali sola o Concerto de Tchaikovsky; todos com orquestra sob regência de A. Gluckmann. TMRJ.

6 de novembro. Recital de Maria do Carmo Campos Maia com obras de Valence-Saint-Saëns, Beethoven (1º mov. da Sonata Op.111), Bach, Chopin, Busoni, Albéniz, Camargo Guarnieri (Sonatina No.1). TMRJ.

20 de outubro. Camargo Guarnieri acompanha ao piano o violinista Maurício Raskin e o barítono Andino Abreu em um recital pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

15 de novembro. Eunice Paes Barreto sola o Concerto No.2 de Saint-Saëns com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ.

No mundo

13 de março. Alfred Cortot realiza a primeira gravação mundial da Sonata de Liszt, em Londres, Inglaterra.