1916

No Brasil

É inaugurado provavelmente neste ano o Cinema Olympia, no prédio do Theatro Chantecler, que existia desde 1911, situado na Rua Visconde do Rio Branco, nº 53, Rio de Janeiro. Ernesto Nazareth tocava tanto na sala de espera, segundo do Brasílio Itiberê II, quanto acompanhando os filmes dentro da sala de projeção.

10 de janeiro. Recital do Quarteto da Sociedade de Cultura Artística com participação do pianista Alfredo Oswald pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

27 de janeiro. Recital de Antonietta Rudge Miller com obras de Bach-Busoni (Chacona), Rameau, Beethoven (Sonata No.23), Chopin (2 peças e estudos não-especificados), Schubert-Liszt, Liszt, Alkan, Ezequiel Ramos Junior (Canção cabocla), Alexandre Levy (Tango brasileiro), Ravel e Saint-Saëns/Liszt. Salão do Conservatório de São Paulo. [acesse aqui o programa]

28 de janeiro. "Esposizione Artistica di Beneficenza". Nobilina Galvão interpretou obras de Debussy e Reinhold. Também participaram do recital Stefania C. Pepe (canto), E. de Marco (canto), Bellah de Andrade (canto) e Ester Petrilli (canto), e um conjunto de bandolins sob a direção de Frederico Magini. Local não-identificado, provavelmente São Paulo. [acesse aqui o programa]

4 de fevereiro. Recital do Quarteto da Sociedade de Cultura Artística com participação do pianista Agostino Cantù pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

13 de março. Recital de Choura Botelho [Chura Botelho] com obras de Bach (Fantasia cromática e Fuga), Scarlatti, Tchaikovsky, Anton Rubinstein, Liadov, Chopin (2 Mazurcas), Liszt. Luiz Figuéras (violoncelo) e Agostino Cantù (piano) interpretaram obras de Saint-Saëns (Concerto No.1 para violoncelo), Valentini, Henrique Oswald (Romance), Fischer. Salão Germania, São Paulo. [acesse aqui o programa]

16 de março. Recital de Mischa Violin (violino) e Agostino Cantù (piano) com obras de Sinding (Suíte em lá menor), Svendsen, Tchaikovsky, Schubert-Kreisler, Beethoven (Concerto Op.61) e Wieniawski. Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

27 de março. Alfredo Oswald (piano) e membros do Quarteto da Sociedade de Cultura Artística (Z. Autuori, 1º violino; A. Cancelli, 2º violino; E. T. Gonzalves, viola; L. Figuéras, violoncelo) interpretam o Quarteto Op.26 de Henrique Oswald e o Trio em mi maior de Mozart. Salão Germania, São Paulo. [acesse aqui o programa]

6 de abril. Recital de Mischa Violin (violino) e Agostino Cantû (piano) com obras de Arthur Pereira (Jadis, em primeira audição mundial), Corelli-Leonard, Tchaikovsky (Concerto em ré), Paganini (Concerto Op.6, cadência de Sauret), Wagner-Wilhelmy, Mischa Violin e Sarasate.TMSP. [acesse aqui o programa]

17 de abril. Recital de Mischa Violin (violino) e Antonietta Rudge (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

5 de maio. Alfredo Oswald (piano) e membros do Quarteto da Sociedade de Cultura Artística (Z. Autuori, 1º violino; A. Cancelli, 2º violino; E. T. Gonzalves, viola; L. Figuéras, violoncelo) interpretam o Trio em ré maior Op.70 de Beethoven, e o Quinteto de Schumann. Salão Germania, São Paulo. [acesse aqui o programa]

16 de maio. Recital em comemoração dos 25 anos de uma entidade não-identificada. Souza Lima interpretou o Tango brasileiro (provavelmente de Alexandre Levy, embora esteja creditado como sendo de Souza Lima). Também participaram Véra Paranaguá, Paulita Raineri, Olga Massucci Costabile, Maria Guedes Penteado e Zaccharias Autuori (violino). Local não-identificado, provavelmente São Paulo. [acesse aqui o programa]

18 de maio. Paulita Raineri (canto) e Souza Lima (piano) interpretaram obras de Debussy (L'enfant prodigue e Mandoline), Brahms, Alberto Nepomuceno (Trovas), E. Guerra (Crepuscule), Dell'Acqua, Carlos Gomes (ária não-especificada de Lo schiavo), Duparc, Romeu Pereira (La "Signora dei cieli"). Paulita Raineri (canto), Souza Lima (piano) e Paulo Dutra interpretaram Le nil, de Leroux. Vitalina Brazil interpretou ao piano solo obras de Beethoven (Sonata No.17, completa), Henrique Oswald (Feuilles d'album - I. Inquietude, II. Chansonnette, III. Feux follets, IV. Desir ardent). Salão do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

19 de maio. Recital de Mischa Violin (violino) e Agostino Cantù (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

12 de junho. 6ª Audição da Escola de Violino de Carlos Aschermann, com participação de Souza Lima fazendo os acompanhamentos ao piano. Salão do Conservatório [talvez Dramático e Musical], São Paulo. [acesse aqui o programa]

13 de junho. Recital de Roger Mesquita (barítono) e Souza Lima (piano) com obras de Diaz, Hahn, Massenet e Ascagne. Alfredo Sangiorgi interpretou ao piano solo obras de Chopin (2 peças), Anton Rubinstein e Moszkowski. Também participaram do recital Ozorio Cezar (violino) e Ondina Portella (harpa). Salão do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

16 de junho. Recital de Santino Giannattasio (tenor) e Souza Lima (piano) com obras de Tosti, J. Gomes Junior (Despeito), Alberto Nepomuceno (Coração indeciso), R. Pereira (Tu ne sauras jamais), Giordano, Carlos Gomes (Quando nascesti tu), Mascani. Também participaram do recital P. Castagnoli (violoncelo) e F. Arrivabene (flauta). Salão do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

7 de julho. Maria Antonia de Moura Castro interpreta obras de Chopin, Grieg e Henrique Oswald (Miniature); Maria Antonia de Moura Castro e Darius Milhaud interpretam uma Sonata de Mozart para violino e piano; Nininha Velloso Guerra e Darius Milhaud (violino) interpretam a Sonata No.2 para piano e violino de Milhaud (em 1ª audição no Brasil), e a Berceuse e Serenade de Henrique Oswald; Nininha Velloso Guerra e Darius Milhaud (piano a quatro mãos) interpretam Trois morceaux en forme de poire, de Satie. Carlos de Carvalho (canto) interpretou obras de Rameau, Milhaud e Debussy, provavelmente acompanhado por Nininha Velloso Guerra. Lycée Français (Liceu francês), Rio de Janeiro. 

10 de agosto. O Trio Barrozo-Milano-Gomes, formado por Barrozo Netto (piano), Humberto Milano (violino) e Alfredo Gomes (violoncelo), interpreta o Trio Op.45 de Henrique Oswald em primeira audição mundial. Humberto Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata Op.36 de Henrique Oswald. Alfredo Gomes (violoncelo) e Barrozo Netto (piano) interpretam o Tempo de sonata Op.44, de Henrique Oswald em primeira audição mundial. Carlos de Carvalho (canto) interpreta 3 canções de Henrique Oswald (Minha estrela, Aos sinos e Cantiga boêmia, todas em 1ª audição mundial), provavelmente com acompanhamento de Barrozo Netto ao piano. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

17 de agosto. O Trio Barrozo-Milano-Gomes, formado por Barrozo Netto (piano), Humberto Milano (violino) e Alfredo Gomes (violoncelo), interpreta o Trio Op.107 de Bossi e o Trio Op.15 de Smetana. Humberto Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata Op.8 de Grieg. Carlos de Carvalho (canto) interpreta canções de Chausson, Duparc, Debussy, e Ravel, provavelmente com acompanhamento de Barrozo Netto ao piano. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

21 de agosto. Recital do Quarteto da Sociedade de Cultura Artística com participação do pianista belga Francis de Bourguignon pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

23 de agosto. Recital de Nininha Velloso Guerra (então referida como Nininha Leão Velloso) com obras de Beethoven (Sonata No.31), Schumann (Kreisleriana - No.2), Liszt, Chopin, Debussy (Children's corner), Henrique Oswald (En rêve), Dupont, Turina. Salão Nobre do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro.

24 de agosto. O Trio Barrozo-Milano-Gomes, formado por Barrozo Netto (piano), Humberto Milano (violino) e Alfredo Gomes (violoncelo), interpreta o Trio Op.1 No.1 de Beethoven. Humberto Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam La folia, de Corelli. Alfredo Gomes (violoncelo) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata No.2 de J. S. Bach. Carlos de Carvalho (canto) interpreta obras de J. S. Bach, e Beethoven, provavelmente com acompanhamento de Barrozo Netto ao piano. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

28 de agosto. Recital de Antonietta Rudge com obras de Beethoven (Sonata No.23), Handel, Schubert-Liszt, Schumann (Papillons), Chopin (3 peças), Alkan, Liszt, Ravel, Liszt-Busoni (Valsa mephisto). TMRJ.

30 de agosto.  Recital do pianista francês Maurice Dumesnil com obras de Beethoven (Sonata No.14), Liszt, Brahms, Chopin, que serviram de fundo musical para a coreografia da bailarina Isadora Duncan. TMRJ.

31 de agosto. O Trio Barrozo-Milano-Gomes, formado por Barrozo Netto (piano), Humberto Milano (violino) e Alfredo Gomes (violoncelo), interpreta o Trio em fá# menor de Alberto Nepomuceno (em 1ª audição mundial). Humberto Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata Op.14 de Leopoldo Miguéz. Alfredo Gomes (violoncelo) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Fantasia de Glauco Velasquez. Carlos de Carvalho (canto) interpreta canções Alberto Nepomuceno (Flores, Candura, Trovas (tristes), Trovas (alegres), Oração ao diabo, provavelmente com acompanhamento de Barrozo Netto ao piano. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa] [outro exemplar]

18 de setembro. Recital de Emília Frassinesi (violino), Francis de Bourguignon (piano) e o Quarteto da Sociedade de Cultura Artística, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

20 de setembro. Antonietta Rudge sola o Concerto de Grieg ou o Concerto No.3 de Beethoven com orquestra sob regência de André Messager. TMRJ.

5 de outubro. Zélia da Graça Autran interpreta transcrições para piano de obras de Richard Wagner. Salão Nobre do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro.

15 de outubro. Recital com participação de diversos músicos. Souza Lima interpretou 2 Estudos de Chopin. Ottilia Machado de Campos interpretou obras de Saint-Saëns e Liszt. Também participaram Carlos Aschermann (violino) e outros, com acompanhamento de Souza Lima ao piano. Salão do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

18 de outubro. Recital de Maria Maté de Amoroso com obras de Bach-Busoni (Chacona), Beethoven (Sonata No.23), Chopin (3 peças) e Schumann (Estudos sinfônicos). Mercees Amoroso, filha de Maté de Amoroso, aos 13 anos, interpretou obras de Chopin (2 peças), Grieg e Mendelsson. Salão do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

12 de novembro. Recital com participação de Santino Giannattasio (canto), Pio Castagnoli (violoncelo), Sotero de Souza (piano), Pedro Zanni (violino). Na segunda parte, foi realizado um baile com orquestra de 12 professores sob a direção do pianista Carlos Cruz. Salão do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. [acesse aqui o programa]

8 de dezembro. Recital de Santino Giannattasio (tenor), com participação da Banda Ítalo-Brasileira, R. Grosso, Z. Macedo, orquestra dos "monóculos", e S. Bove. Os acompanhamentos ao piano foram feitos por Alice Gomes Grosso e João de Souza Lima. Theatro São Carlos, Campinas, SP. [acesse aqui o programa anunciado em um jornal]

22 de dezembro (anunciado para o dia 20, porém no programa consta o dia 22). Recital do pianista francês Maurice Dumesnil com obras de Beethoven (Sonata No.8), Chopin, Schubert, Raff, Brahms e Liszt. TMRJ.

24 de dezembro. Recital do pianista francês Maurice Dumesnil com obras de Beethoven (Sonata No.14), Chopin (Sonata No.2), Vuillemin, Mendelssohn, Paganini-Liszt. TMRJ.

27 de dezembro. Recital do pianista francês Maurice Dumesnil com obras de Mozart (Sonata No.11), Grieg, Paderewski, Albéniz, Chopin, Henrique Oswald (Il neige!...). TMRJ.

No mundo

28 de fevereiro. Recital de Guiomar Novaes com obras de diversos autores, dentre eles Henrique Oswald (Il neige!...). Steinert Hall, Boston, EUA.

8 de março. Recital de Guiomar Novaes. Aeolian Hall, Nova York, EUA.

13 de abril. Recital de Guiomar Novaes. Aeolian Hall, Nova York, EUA.

6 de junho. Guiomar Novaes sola o Concerto de Grieg com orquestra e regente não-identificados. Norfolk, EUA.

18 de julho. Guiomar Novaes sola o Concerto de Grieg com orquestra e regente não-identificados, para 6.000 pessoas. Madison Square Garden, Nova York, EUA.

22 de novembro. Recital de Guiomar Novaes. Aeolian Hall, Nova York, EUA.

16 de dezembro. Guiomar Novaes sola o Concerto No.4 de Beethoven com a New York Symphony sob regência de Walter Damrosch. Nova York, EUA.