1921

No Brasil

8 de janeiro. Recital do Quarteto Z. Autuori com participação do pianista José de Souza Lima, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

19 de fevereiro. Recital de Guiomar Novaes com obras de Scarlatti (2 Sonatas), Chopin (Sonata No.2), Scriabin (2 peças), Stierlin Vallon, Blanchet, Mendelssohn-Ritter, Albéniz, Stojowski, Liszt. Theatro Sant'Anna, São Paulo (SP). [acesse aqui o programa]

Março (provavelmente dia 13). Humberto Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata para violino e piano de Grieg. Barrozo Netto interpreta duas peças de sua autoria (Valsa lenta e Valsa capricho), e duas peças de Rachmaninoff (Prelúdio Op.3 No.2 e Polichinelle). Também participaram os músicos Maria Leonôr H. de Rezende (canto), Maria de Lourdes Costa Pereira (canto), Humberto Milano (violino), com acompanhamentos ao piano por Barrozo Netto e Amelia de Mesquita. Teatro Caxambuense, Caxambu (MG). [acesse aqui o programa]

20 de abril. Recital de Maria Carreras pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

30 de abril. Inauguração do Theatro Guarany (Teatro Guarani), em Pelotas (RS).

1º de maio. Recital de Ignaz Friedman com obras de Mendelssohn, Chopin, Brahms, e Liszt-Wagner. TMRJ.

4 de maio. Recital de Ignaz Friedman com obras de Chopin, Liszt e Schumann. TMRJ.

6 de maio. Recital de Ignaz Friedman com obras de Chopin, Suk, Friedman, Liszt, Wagner-Brasson, Gaernor e Brahms. TMRJ.

8 de maio. Recital de Ignaz Friedman com obras de Chopin. TMRJ.

10 de maio. Recital de Ignaz Friedman com obras de Chopin, Brahms, Schumann, Friedman e Liszt. TMRJ.

15 de maio. Recital de Maria Carreras, com participação do violinista Leonidas Autuori pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

5 de junho. Recital de Ignaz Friedman com obras de Beethoven, Mozart, Gluck, Bach-Busoni, Scriabin, Moszkowski, Friedman, Poldini, e Schulz-Evler. TMRJ.

8 de junho. Recital de Ignaz Friedman com obras de Beethoven, Schumann, Debussy, Albéniz, Liszt, e Schubert-Liszt. TMRJ.

10 de junho. Recital de Ignaz Friedman com obras de Beethoven, Schumann, Debussy, Albéniz, Liszt, e Schubert-Liszt (mesmo programa do dia 8 de junho). TMRJ.

13 de junho. Estreia mundial de A lenda do caboclo de Villa-Lobos, por Artur Iberê de Lemos. Teatro São Pedro, Porto Alegre (RS). 

28 de junho.  Barrozo Netto interpreta obras de Beethoven (Sonata No.14), Granados e Leopoldo Miguéz (Scherzetto). Também participaram do recital uma orquestra, Perez Bello (canto), Germaine D'Orfer, Lluis (violoncelo), Dora Santos (canto), Paul Fort (interpretando obras suas), Lambelet (violino). A bordo do navio "Massilia", ao atravessar a linha do equador ("Fête de la ligne"), no Oceano Atlântico. [acesse aqui o programa]

22 de julho (previsto inicialmente para o dia 6, mas que depois teve a data alterada). " Homenagem ao professor Barrozo Netto". Irene Nogueira da Gama interpreta obras de Barrozo Netto (Valsa lenta, Galhofeiro, Prelúdio e Fuga e Valsa-capricho). Também participaram do recital Lydia de Albuquerque Salgado (canto) interpretando as canções Dorme, Canção de Lavina, Jesus e Adeus, de Barrozo Netto, Humberto Milano (violino) interpretando Ária e Melodia, de Barrozo Netto, Maria Malafaia, Maria Sabina de Albuquerque, Alfredo Gomes (violoncelo) interpretando Canto d'amor e Nostalgia, de Barrozo Netto, e Angela Vargas Barbosa Vianna. Os acompanhamentos ao piano foram feitos por Rossini de Freitas. O recital foi precedido por um discurso de Hermes Fontes. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

14 de agosto. Recital de Heloísa Accyoli de Brito. TMRJ.

24 de agosto. Recital de Wilhelm Backhaus com obras de Beethoven (Sonata No.23), Chopin, Liszt. Theatro Guarany, Pelotas (RS).

30 de setembro. Recital de Guiomar Novaes com obras de Bach-Moor, Scarlatti (2 Sonatas), Chopin, Blanchet (2 Prelúdios), Vallon, Scriabin (2 peças), Albéniz, Stojowski e Liszt (Valsa mephisto). TMRJ. [acesse aqui o programa]

21 de outubro. Estreia mundial de Rodante (que integra a Simples coletânea), de Villa-Lobos, por Ernani Braga, no Salão Nobre do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro.

21 de outubro. Estreia mundial de Alegria na horta (que integra a Suíte floral), de Villa-Lobos, por Arthur Rubinstein. Rio de Janeiro.

26 de outubro. Recital do Quarteto Z. Autuori com participação do pianista Agostino Cantù pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

30 de outubro. Recital de Guiomar Novaes com obras de Chopin (Sonata No.3, dentre outras peças). Teatro Lírico, Rio de Janeiro.

31 de outubro. Recital de Luba D'Alexandrowska pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

30 de outubro. Recital de Iza Queiroz Santos (1º Prêmio Medalha de Ouro do Instituto Nacional de Música), em benefício do Abrigo do Marinheiro, com obras de Bach-Tausig, Beethoven, Borodin, MacDowell, Chopin, Alberto Nepomuceno, Leopoldo Miguéz, e Liszt. TMRJ.

12 de novembro. Innocencia Rocha sola o Capriccio brillante Op.22 de Mendelssohn, e Valina Rocha sola o Concerto No.1 em sol menor, também de Mendelssohn, com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ. 

12 de novembro (mesmo dia do concerto acima, porém em horário diferente). Recital de Mathilde Nunes com obras de Bach-Busoni, Beethoven, De Falla, Debussy, Chopin, e Wagner-Liszt. TMRJ.

13 de novembro. Recital de Maria Amélia de Rezende Martins com obras de Bach-Tausig, Franck, Mendelssohn, Chopin-Liszt, Caritú, Granados, Albéniz, Scriabin, e Leschetizky. TMRJ.

21 de novembro. Estreia de A fiandeira, de Villa-Lobos, por Ernani Braga, no Salão Nobre do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro.

No mundo

25 de março. Recital de Guiomar Novaes com obras de Beethoven (Sonata Op.111), Glück-Friedman, MacDowell, Chopin (2 peças), Rubinstein, Moszkowski, Agostino Cantù (Polonaise), Albéniz. Pabst Theater, Milwaukee, Wisconsin, EUA. [acesse aqui o programa]

Abril (provavelmente dia 23). Recital de Alfredo Oswald. Nova York, EUA.

16 de abril. Recital de Nininha Velloso-Guerra com obras de Franck-Selva, Beethoven (Sonata No.13), Chopin, Chabrier, Poulenc, Milhaud (Printemps e Tangok, sendo esta última em primeira audição mundial), Debussy (3 peças). Salle Pleyel, Paris, França.

26 de abril. "Concert de musique brésilienne (premières auditions)". Nicolino Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata para violino e piano de Leopoldo Miguéz e a Sonata Op.36 de Henrique Oswald. O trio formado por Barrozo Netto (piano), Nicolino Milano (violino) e André Hekking (violoncelo) interpreta o Trio de Alberto Nepomuceno e o Trio Op.45 de Henrique Oswald, todas as peças em 1ª audição na França, e provavelmente em 1ª audição na Europa. Salle Erard, Paris, França. [acesse aqui o programa]

28 de maio. Barrozo Netto interpreta as obras de sua autoria Valsa lenta, Valsa capricho e Segunda valsa capricho. Nicolino Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata para violino e piano de Leopoldo Miguéz e a Sonata Op.36 de Henrique Oswald. Gina Falvy (canto) interpreta canções de Arthur Napoleão (Adieu! Je pars) e Massenet  Tilkin Servais (barítono) interpreta canções de Alberto Nepomuceno (Les yeux élus e Il flotte dans l'air), Barrozo Netto (Conseil pour l'homme) e Vreuls. Camargo (canto) interpreta obras de Carlos Gomes (Forma sublime, da ópera Salvator Rosa), Elias Lobo Netto (Guitarra), Léoncavallo e Massenet. Nicolinio Milano interpreta obras dele próprio (Rêverie) e de Hubay. Gina Falvy (canto) e Camargo (canto) interpretam Sento una forza indomita, da ópera O Guarani, de Carlos Gomes. A pianista Macedo interpretou ao piano solo a Fantasia sobre o Hino Americano, de Gottschalk. Os acompanhamentos ao piano foram feitos por Daniels. Conservatório Real de Bruxelas, Bélgica. [acesse aqui o programa]