1956

No Brasil

Francisco Mignone grava seu Sexteto para piano, juntamente com Malamud, A. Ferreira, H. Breitinger, J. Ribeiro, e N. Devos, para o disco “Música Brasileira No.3”, lançado pelo Ministério das Relações Exteriores, em parceria com a Rádio MEC.

É publicado o livro "150 Anos de Música no Brasil (1800-1950)", de Luiz Heitor Corrêa de Azevedo.

28 de março. Heitor Alimonda é solista do Concerto No.1 para piano e orquestra de Claudio Santoro, com orquestra regida pelo autor. No mesmo programa foram apresentadas, em primeira audição mundial, a Brasiliana e a Sinfonia No.5, também de Claudio Santoro. Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

17 e 23 de abril. Recital a dois pianos de Friedrich Gulda e Jacques Klein no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
 
28 de abril. Recital de Friedrich Gulda no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

22 de maio. Recital de Lilian Steuber pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

5 de junho. Recital de Wanda Luzzato (violino) e Lidia Alimonda (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

14 e 26 de junho. Dois recitais de Rudolf Firkusny no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 

7 de agosto. Recital de Zara Nelsova (violoncelo) e Fritz Jank (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

14 de agosto. Recital de Jaime lngram pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

24 de setembro. Recital de Ivy Improta pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

22 de outubro. Recital de Yara Bernette pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

6 de novembro. Recital de Maria de Lourdes Cruz Lopes (canto) e Fritz Jank (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

22 de novembro. Concerto de Nelson Freire, aos 12 anos, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

No mundo