1971

No Brasil

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 1971 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Pietro Maranca (categoria "Solista"), Roberto Szidon (categoria "Recitalista"), Quarteto da Guanabara (Arnaldo Estrella, piano; Mariuccia Iacovino, violino; Frederick Stephany, viola; e lberê Gomes Grosso, violoncelo) (na categoria "Conjunto de câmara"), Denis Akel (categoria "Revelação"), José Eduardo Martins (dentre outros, na categoria "Prêmio especial"), Gilberto Tinetti e Nelson Freire (dentre outros, na categoria "Prêmios hors concours").

Inauguração do Palácio das Artes em Belo Horizonte (MG).

30 de junho. Recital a dois pianos com Nelson Freire e Antonio Guedes Barbosa no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
 
2 de agosto. Recital de Nelson Freire no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

16 de setembro. Jacques Klein sola trechos do Concerto em fá de Gershwin, do Concerto No.2 de Rachmaninoff e do Concerto No.1 de Tchaikovsky com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Isaac Karabtchevsky no Canecão, Rio de Janeiro. O show foi dirigido por Manoel Carlos, e participaram também Chico Buarque, o conjunto vocal MPB4 e a bateria da Escola de Samba Unidos de Padre Miguel, sob o comando de seu ensaiador, Mestre André.

No mundo

Estreia dos Prelúdios No.10, No.11 e No.22, e do Estudo No.1, de Claudio Santoro, por Alex Blin, em Mannheim, Alemanha (RFA).