1957

No Brasil

Estreia da Toccata, de Claudio Santoro, por Heitor Alimonda, no Rio de Janeiro

22 de janeiro. Recital de Fritz Jank. TMSP.

14 de fevereiro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal, formado por Alfonsi, Schaffman, Oelsner e Corazza, e Fritz Jank (piano), com obras de Bach,  (Fugas No.1 e No.7 de A Arte da fuga, em transcrição de Schaffman para quarteto de cordas), e Henrique Oswald (Quinteto Op.18). TMSP.

17 de fevereiro. Primeiro de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

22 de fevereiro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP.

24 de fevereiro. Segundo de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

28 de fevereiro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP.

22 de abril. Palestra "O retrato musical de Sinhô", pelo radialista e pesquisador Almirante, com participação de Aracy Cortes, Silvio Caldas e Altamiro Carrilho e sua Bandinha. Golden Room do Copacabana Palace Hotel, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

3 de março. Terceiro de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

10 de março. Quarto de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

15 de março. Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo sob regência de Zacharias Autuori tendo como solista Fritz Jank. TMSP.

17 de março. Quinto de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

19 de março. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP.

31 de março. Sexto de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

Abril. Estreia mundial do Choro para piano e orquestra, de Camargo Guarnieri, com o pianista Arnaldo Estrella e a Orquestra Sinfônica Municipal sob regência de Souza Lima, São Paulo.

4 de abril. Recital do Trio Bandeirante, formado por Iracema Barbosa (piano), Herta Kahn (violino) e Cecilia Zwarg (violoncelo) com obras de Haydn (Trio No.1), Dvorak (Trio Op.90), e Schubert (A truta, com participação de Perez Dworecki, viola, e Maurício Ferreira, contrabaixo). Comemoração do 10º aniversário do Trio. TMSP.

7 de abril. Sétimo de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

10 de abril. Recital de Jacques Klein com obras de Haydn (Sonata em dó maior), Beethoven (32 Variações em dó menor), Schumann (Fantasia), Camargo Guarnieri (Dança negra), Chopin. TMRJ.

12 de abril. Recital de Ruben Varga (violino) e Fritz Jank (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

14 de abril. Oitavo de oito recitais de Fritz Jank como parte do ciclo integral das 32 Sonatas de Beethoven. TMSP.

17 de abril. Recital de Ruben Varga (violino) e Fritz Jank (piano) com obras de Brahms (Sonata No.3), Villa-Lobos (1ª Sonata-fantasia), Paganini, Varga, Ravel (Tzigane). TMRJ.

29 de abril. Recital de Witold Malcuzynski com obras de Franck (Prelúdio, Coral e Fuga), Brahms, Prokofieff (Sonata No.7), Barrozo Netto (Minha terra), Debussy, Rachmaninoff, Chopin. TMRJ.

10 de maio. Recital do duo pianístico Gorini-Lorenzi (Luigino Gorini e Sérgio Lorenzi) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

14 de maio. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP.

14 de maio. Recital duo pianístico Gorini-Lorenzi (Luigino Gorini e Sérgio Lorenzi) com obras de Bach (Sonata em dó maior), Clementi (Sonata em si bemol), Brahms (Variações sobre um tema de Haydn), Schumann (5 Estudos em forma de canon), Shostakovich (Concertino), Rachmaninoff (Tarantella). TMRJ.

25 de maio. Recital de Clemens Quatalker (violino) e Manoel Veiga (piano) com obras de Beethoven (Sonata No.5), Franck (Sonata), Bloch, Szymanowski, Mozart-Kreisler, Villa-Lobos (1ª Sonata-fantasia), Wieniawski-Clemens. TMRJ.

26 de maio. Maria Cecilia de Matos sola o Concerto No.2 de Rachmaninoff com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

9 de junho. Nelson Freire, aos 12 anos, sola o Concerto No.5 "Imperador", de Beethoven, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

16 de junho. Antonio Guedes Barbosa, aos 13 anos, sola o Concerto No.26 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

27 de junho. Recital de Paulo Afonso de Moura Ferreira com 30 peças de 15 autores contemporâneos, incluindo Schoenberg, Henrique de Curitiba, Messiaen, Webern, Stockhausen. TMSP.

1º de julho. Recital de Yara Bernette com obras de Bach (Partita No.2), Beethoven (Sonata No.21), Schumann (Carnaval), Guarnieri (Valsa No.7, em 1ª audição no Rio de Janeiro), Prokofieff (6 Visões fugitivas), Debussy (3 peças) e Villa-Lobos (Festa no sertão). TMRJ.

5 de julho. Recital de despedida de Jacques Klein antes de partir para uma turnê na Europa. Foram interpretadas obras de Beethoven (Sonata No.32, dentre outras peças), Chopin, Villa-Lobos (A lenda do caboclo) e Mussorgsky (Quandros de uma exposição). TMRJ.

6 de julho. Arnaldo Estrella sola o 2º concerto de Rachmaninoff, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Francisco Mignone. No mesmo programa foram apresentadas a Sinfonia No.7 de Beethoven, e o Concertino para fagote e orquestra, em primeira audição mundial, tendo como solista Noel Devos. TMRJ.

6 de julho (mesmo dia do concerto acima, porém em horário diferente). Recital de David Bar-Illan com obras de Ben-Haim, Starer, Camargo Guarnieri (Dança negra), Chopin. Além destas peças solo, Bar-Illan solou o Concerto de Schumann com a Orquestra do Theatro Municipal sob regência de Souza Lima. TMRJ.

11 de julho. Recital de Bronislav Gimpel (violino) e Wladislaw Szpilman (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

13 de julho. Jacques Klein sola a Rapsódia sobre um tema de Paganini, de Rachmaninoff, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Francisco Mignone. TMRJ.

19 de julho. Recital de Arnaldo Estrella com obras de Chopin (incluindo as 4 Baladas e a Sonata No.3). Nelson Freire, aos 12 anos, estava presente neste concerto. TMRJ.

23 de julho. Recital com canções de Babi de Oliveira. Elvira Poch (canto) e Babi de Oliveira (piano) interpretam Muiraquitã, O reisado, Toada das águas verdes, Vamo saravá, Toada da saudade, Seresta da ilusão, Maria Macambira, Sereia do mar. Tarquínio Lopes (canto) e Babi de Oliveira (piano) interpretam Caboclo do rio, A singela canção de Maria, Seja o que Deus quiser, Domingo, Areia do mar, Cabocla, Festa de Ogum. Babi de Oliveira interpreta ao piano solo suas composições Fantasia brasileira No.2 (I. Ponteio; II. Valsa; III. Batuque), Maracatus, Chorinho elegante, Valsa brasileira No.1, A sereia do mar, Fantasia brasileira No.1. Recital durante o II Congresso brasileiro de ensino comercial. Barreiro (talvez MG ou PE). [acesse aqui o programa]

24 de julho. Vicky Adler sola o Concerto No.26 de Mozart, o Concerto No.3 de Beethoven e o Concerto de Grieg, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Francisco Mignone. TMRJ.

25 de julho Recital de Hans Graf com obras de Handel (Suíte No.6 em fá#), Beethoven (Sonata No.32), Camargo Guarnieri (Dança negra), Martin (8 Prelúdios para piano), Chopin. TMRJ.

27 de julho. Yara Bernette sola o Concerto No.3 de Rachmaninoff com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Souza Lima. TMRJ.

2 de agosto. Recital de Antor Foldes com obras de Bach (Fantasia cromática e Fuga), Beethoven (Sonata No.30), Schumann, Bartok (Sonata, dentre outras peças), Kodaly-Foldes, Villa-Lobos (Ciranda No.2 "A condessa..." e Ciranda No.6 "Passa, passa, gavião..."). TMRJ.

5 a 20 de agosto. É realizado o I Concurso Internacional de Piano do Rio de Janeiro, no Theatro Municipal, em 15 dias de provas e apresentações, com ampla participação de pianistas brasileiros como Nelson Freire, Arthur Moreira Lima, Fernando Lopes, Gerardo Parente, Ezequiel Moreira Junior, Roberto Fuchs, e Maria Yeda Caddah. O júri era presidido por Alexander Sienkiewicz, e composto por Alberto Ginastera, Eleazar de Carvalho, Eurico Nogueira França, Guiomar Novaes, Hans Sittner, Henryk Sztompka, João de Souza Lima, Lili Kraus, Marguerite Long, Ondina Ribeiro Dantas, Pavel Serebriakow, e Walter Piston. Os 11 finalistas foram, por ordem de classificação: Alexander Jenner (austríaco, 1º lugar e prêmio de melhor intérprete de música brasileira); Giuseppe Postiglione (italiano) e Sergei Dorensky (russo) empatados em 2º lugar; Mikhail Voskressensky (russo, 3º lugar); Claude Albert Coppens (belga, 4º lugar e ganhador do “Prêmio Villa-Lobos", por sua execução do Concerto No.1 (ou 5?) deste autor); Tamás Vásáry (húngaro, 5º lugar); Edwin Koválik (polonês, 6º lugar); Agustin Anievas (americano, 7º lugar); Fernando Lopes (brasileiro, 8º lugar, premiado como melhor intérprete das mazurcas); Nelson Freire (brasileiro, 9º lugar, que, com 12 anos na época, surpreendeu a todos tocando na final o 1º movimento do Concerto No.5 "Imperador", de Beethoven); Arthur Moreira Lima (brasileiro, 10º lugar); e Maria Pariente (argentina, 11º lugar). Dentre as músicas brasileiras interpretadas nas provas (semi-finais), estavam obras de Fructuoso Vianna (Dança de negros), Francisco Mignone (Sonatina No.4), Villa-Lobos (Impressões seresteiras), Camargo Guarnieri (Lundu), Claudio Santoro (Toccata), e Lorenzo Fernandez (Valsa suburbana). Nas finais, Coppens interpretou o Concerto No.1 (ou 5?) de Villa-Lobos. TMRJ.

5 de agosto. Concerto inaugural do I Concurso Internacional de Piano do Rio de Janeiro. Lili Kraus solou o Concerto No.3 de Beethoven com a Orquestra do Theatro Municipal sob regência de Alexander Sienkiewicz. TMRJ.

6 de agosto. Recital de Andor Foldes pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

6 de agosto. Recital de Roberto Galeno (canto) e Gerardo Parente (piano) com obras de Handel, Marcello, Brahms, Moret, Beydts, Ravel, Gretchaninow, Aloysio de Alencar Pinto (A jangada e Quebra o coco, menina), Arnaldo Rebello (Cantigas), Waldemar Henrique (Sem-seu e Abá-logum), Francisco Mignone (A coiêta). Escola Nacional de Música, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

10 de agosto. Arnaldo Estrella sola o Choro para piano e orquestra, de Camargo Guarnieri, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência do autor (1ª audição no Rio de Janeiro). TMRJ.

15 de agosto. Recital de Lili Kraus com obras de Bach, Mozart, Bartok (15 Danças húngaras camponesas), Villa-Lobos (A maré encheu, do Guia prático), Schubert (Fantasia Wanderer). TMRJ.

17 de agosto. Heitor Alimonda sola o Concerto No.1 de Tchaikovsky com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Francisco Mignone. TMRJ.

18 de agosto. Fernando Lopes sola o Concerto No.2 de Brahms com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Francisco Mignone. TMRJ.

23 de agosto. Recital de Lili Kraus pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

24 de agosto. Arnaldo Estrella sola o Concerto No.3 de Villa-Lobos (em 1ª audição mundial) com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

25 de agosto. Zélia Terezinha Deri sola o Concerto No.4 de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

29 de agosto. Concerto de encerramento do I Concurso Internacional de Piano do Rio de Janeiro. Giuseppe Postiglione interpretou o Concerto de Schumann; Alexander Jenner interpretou o Concerto No.5 "Imperador" de Beethoven; Sergei Dorensky interpretou as Variações sobre um tema de Paganini, de Rachmaninoff; todos com a Orquestra do Theatro Municipal sob regência de Alexander Sienkiewicz. TMRJ.

30 de agosto. Recital do vencedor do I Concurso Internacional de Piano do Rio de Janeiro: Alexander Jenner, que interpretou obras de Chopin, Schumann (Carnaval), Francisco Mignone (Sonatina No.4), e Stravinsky (Petrushka). TMRJ.

30 de agosto (mesmo dia do recital acima, porém em horário diferente). Menahen Pressler (piano) e Roger Voisin (trompete) solam o Concerto No.1 de Shostakovich com a Sinfonieta Zimbler de Boston, sob regência de Josef Zimbler. TMRJ.

31 de agosto. Recital de Pavel Serebriakov com obras de Beethoven (Sonata No.14), Liszt (Sonata), Prokofieff (Suíte do balé "Romeu e Julieta"), Rachmaninoff (2 Estudos de concerto), Villa-Lobos (O gatinho de papelão, 2ª peça de A prole do bebê No.2), Camargo Guarnieri (Ponteio No.30), Stravinsky (Petrushka). TMRJ. [acesse aqui o programa]

1º de setembro. Vera Astrachan sola o Concerto No.20 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

1º de setembro. Recital de Alexander Jenner com obras de Brahms (Valsas Op.39), Liszt. No restante do recital, Maura Moreira (meio-soprano) e Gerardo Parente (piano) interpretaram obras de Bach, Mozart, Maximiliano-Hellmann, Schubert, Richard Strauss, Rossini, Verdi, Aloysio de Alencar Pinto (Bombonjira, Xangô, e Dois cantos indígenas I. Tagnani - Tangrê; II. Tarú - Jipacjú), Jayme Ovalle (Três cantos nativos I. Unianguripe; II. Macumbêbê; III. Papai curumiassú), Villa-Lobos (Viola quebrada), Luciano Gallet (Tayêras). Club Austro-Brasileiro, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

7 de setembro. Lili Kraus sola o Concerto No.20 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Paul Kletzki. TMRJ.

10 de setembro. Recital de Alexandre Jenner pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

12 de setembro. Conferência-concerto de Marguerite Long sobre Debussy. Teatro Cultura Artística, São Paulo.

13 de setembro. Recital de Pavel Serebriakov com obras de Mussorgsky (Quadros de uma exposição), Scriabin (9 peças), Villa-Lobos (O gatinho de papelão, 2ª peça de A prole do bebê No.2), Camargo Guarnieri (Ponteio No.30), Tchaikovsky, Rachmaninoff (3 Momentos musicais). TMRJ.

14 de setembro. Pavel Serebryakov sola o Concerto No.2 de Liszt e o Concerto No.1 de Tchaikovsky com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

15 de setembro. Maria Regina Luponi sola o Concerto No.3 de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

19 de setembro. Conferência-concerto de Marguerite Long sobre Ravel. Teatro Cultura Artística, São Paulo.

21 de setembro. Claude Coppens sola o Concerto No.1 de Villa-Lobos; Mikhail Voskresensky sola o Concerto No.2 de Chopin; Giuseppe Postiglione sola a Dança macabra (em versão para piano e orquestra) de Liszt; e Sergei Dorenskisola a Rapsódia sobre um tema de Paganini, de Rachmaninoff, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

21 de setembro (mesmo dia do concerto acima, porém em horário diferente). Recital de Pavel Serebriakov com obras de Brahms (Sonata No.3), Villa-Lobos (Dança do índio branco), Chopin (5 peças), Liszt (3 peças). TMRJ.

22 de setembro. Regina Coeli Rizzardo Normanha sola o Concerto No.3 de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

27 de setembro. Recital de Marguerite Long e conjunto de cordas pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

28 de setembro. Alexander Jenner sola o Concerto No.3 de Bartok com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

29 de setembro. Lenice Vazquez Costa Rodrigues sola o Concerto de Schumann; Evelyne Crochet sola o Concerto No.1 de Brahms com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

29 de setembro (mesmo dia do concerto acima, porém em horário diferente). Nelson Freire, aos 12 anos, sola o Concerto No.5 "Imperador" de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

30 de setembro. Marguerite Long recebe o título de cidadã honorária de São Paulo.

6 de outubro. Fany Solter, aos 13 anos, sola o Concerto No.23 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

7 de outubro. Recital de Vera Astrachan com obras de Mozart, Beethoven (Sonata No.3), Chopin, Prokofieff, e Bartok (Danças romenas). Auditório do Ministério da Educação e Cultura, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

12 de outubro. Maria da Penha sola o Concerto No.1 de Liszt com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

13 de outubro. Recital de Lili Kraus com obras de Haydn (Grande sonata em mi bemol maior), Schubert (4 improvisos), Villa-Lobos (peça não-identificada do Guia prático), Mozart (Sonata No.12), Beethoven (Variações Eroica). TMRJ.

14 de outubro. Recital de Alexander Jenner com obras de Schubert, Beethoven (Sonata No.18), Chopin (12 Estudos Op.25), Villa-Lobos (A lenda do caboclo), Debussy (3 Prelúdios), Prokofieff (Toccata). TMRJ.

15 de outubro. Recital de Nylza Maria Drumond (canto) e Fritz Jank (piano). TMSP.

20 de outubro. Adelmana Correa Torreão sola o Concerto No.1 de Beethoven; Lenice Vasquez Costa Rodrigues sola o Concerto de Schumann com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

24 de outubro. Estreia do Concerto No.3 para piano e orquestra, de Villa-Lobos, por Arnaldo Estrella ao piano, e Eleazar de Carvalho regendo a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, TMRJ.

30 de outubro. Fritz Jank apresenta algumas peças ao piano solo como parte do Espetáculo de ballet com Ainda Sion. Teatro Cultura Artística, São Paulo.

9 de novembro. Anna Stella Schic sola o Concerto No.3 de Kabalevsky (em 1ª audição no Rio de Janeiro) com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Edoardo di Guarnieri. TMRJ.

11 de novembro. Concerto do Conservatório Brasileiro de Música. Nancy Namur e Aurélio Silveira (dois pianos) interpretam obras de Frescobaldi, e Franck. Nancy Namur e Lubélia Brandão (dois pianos) interpretam Brahms (Variações sobre um tema de Haydn), e Debussy-Ravel. Aurélio Silveira e Lubélia Brandão (dois pianos) interpretam Rimsky-Korsakoff. Ruth Araújo Vianna e Marçal Romero (dois pianos) interpretam Lorenzo Fernandez (Ponteio e Saudosa seresta, e a Suíte brasileira No.3 inteira, transcrita para dois pianos por Lorenzo Fernandez e Nênia Carvalho Fernandez). Nancy Namur, Aurélio Silveira e Lubélia Brandão (três pianos) interpretam Franck e Lorenzo Fernandez (o Cateretê, 3] mov. da Suíte brasileira No.2, transcrito por Nênia Carvalho Fernandez), esta última com Conjunto de Percussão do Conservatório Brasileiro de Música sob direção de Dora Pinto. Ao final, a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal interpretou o Batuque, de Lorenzo Fernandez, sob regência de Francisco Mignone. TMRJ.

17 de novembro. Norma Silvia Ferreira Pinto sola a Fantasia húngara de Liszt com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Pablo Komlós. TMRJ.

30 de novembro. Jaime Ingram sola o Concerto de Khachaturian com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Antonio Esteves. TMRJ.

6 de dezembro. Ivy lmprota sola o Concerto No.2 de Chopin com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Antonio Esteves. TMRJ.

No mundo

Dayse de Luca fica em 2º lugar, na categoria feminina, no III Concurso Internacional de Música Maria Canals, em Barcelona, Espanha. A francesa Thérèse Castaing ficou em 1º lugar.

Cesarina Riso é uma das finalistas (embora não classificada) e recebe medalha na categoria feminina do Concurso Internacional de Música de Genebra (Suíça), criado em 1939. Yvette Magdaleno também é finalista (não classificada) e recebe diploma especial na mesma categoria. A argentina Martha Argerich ficou em 1º lugar. Na categoria masculina, ficou em 1º lugar o francês Dominique Merlet.

Fevereiro (provavelmente dia 21). Recital de Mercês da Silva Telles. Town Hall, Nova York, EUA.

Novembro. Concerto em comemoração aos 70 anos de Heitor Villa-Lobos. que contou com sua presença. Homero de Magalhães sola “Assai Andante (Ao Brasil)” e “Movimento de Tarantella (À Itália)”, 2ª e 3º movs., respectivamente, da Suíte para piano e orquestra, de Villa-Lobos, com orquestra sob regência de Pierre Chaillé. Théâtre de la Maison Internationale, Paris, França.

28 de novembro. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com a New York Philharmonic sob regência de Andre Cluytens. Carnegie Hall, Nova York, EUA.

29 de novembro. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com a New York Philharmonic sob regência de Andre Cluytens. Carnegie Hall, Nova York, EUA.

1º de dezembro. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com a New York Philharmonic sob regência de Andre Cluytens. Este concerto foi transmitido pelo rádio, e gravado. Carnegie Hall, Nova York, EUA.

12 de dezembro. Recital de Isabel Mourão com obras de Mozart, Villa-Lobos, Liszt. Town Hall, Nova York, EUA.