1988

No Brasil

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 1988 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Débora Halász (categoria "Solista"), Henrique Loureiro (categoria "Recitalista"). 

15 de janeiro. Recital de Reginaldo Pinheiro (tenor) e Maria Teresa Madeira (piano). Teatro da Paz, Belém (PA).

3 de fevereiro. Falecimento do compositor, pianista e maestro gaúcho Radamés Gnattali.

16 de abril. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Isaac Karabtchevsky tendo como solista Nelson Freire. TMRJ.

21 de abril. Apresentação de jazz de Herbie Hancock e Chick Corea. TMRJ.

23 de abril. Apresentação de jazz de Herbie Hancock e Chick Corea  TMRJ.

24 de abril. Festival Nilson Lombardi. Eudóxia de Barros interpreta Seis miniaturas, Homenagem a Ravel, Cantilena No.1, Ponteios No.1 e No.3. Heloisa Petri (canto) e Eudóxia de Barros (piano) interpretam as canções Num álbum, Noite cheia de estrelas, Cantiga praiana, Três canções folclóricas (Cabôco da terra preta; Na umbanda sou Guiné; Dá um balanço pra meu lado). Todas as músicas são de autoria de Nilson Lombardi. Auditório da FAU, São Paulo. [acesse aqui o programa]

1º de maio. Recital de Antonio Meneses (violoncelo) e Cristina Ortiz (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

2 de maio. Recital de Antonio Meneses (violoncelo) e Cristina Ortiz (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

15 de maio. Homenagem ao compositor Ronaldo Miranda, da qual participou a pianista Maria Teresa Madeira, dentre outros músicos. Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

 

17 de maio. Recital de Aloysio de Alencar Pinto e Irany Leme, a dois pianos, com [provavelmente 24] Estudos de Cramer, com 2ª piano composto por Arthur Napoleão. Salão Leopoldo Miguez, Escola de Música da UFRJ, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

13 de junho. Recital do Beaux Arts Trio (tendo ao piano Menahem Pressler), pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

13 de junho. Recital de Arthur Moreira Lima com obras de Villa-Lobos (Tristorosa, 4 peças de A prole do bebê No.1, A lenda do caboclo, Choros No.5 "Alma brasileira", Cirandas não-identificadas, Impressões seresteiras e Festa no sertão). TMRJ. [acesse aqui o programa]

14 de junho. Recital do Beaux Arts Trio (tendo ao piano Menahem Pressler), pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

29 de junho. Recital de Sergei Dorenski. TMRJ.

29 de junho. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). Museu de Arte de São Paulo (MASP), São Paulo.

8 de julho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência Jean-Claude Casadesus tendo como solista Arnaldo Cohen. TMRJ.

8 de agosto. Recital de Caio Pagano pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

8 de agosto. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). Centro Cultural de São Paulo.

9 de agosto. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). Centro Cultural de São Paulo.

10 de agosto. Maria Teresa Madeira é solista à frente da Orquestra Sinfônica Brasileira (regente não-identificado). Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

18 de agosto. Recital de Andrés Engstrom (fagote) e Maria Teresa Madeira (piano). Museu Villa-Lobos, Rio de Janeiro.

23 de agosto. Jeffrey Jacob sola o Concerto para piano nº 1 – “Galáxias”, de Rodolfo Coelho de Souza, com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (então chamada Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília), sob regência de Silvio Barbato. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional, Brasília. 

24 de agosto. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Isaac Karabtchevsky tendo como solista Nelson Freire. TMRJ.

25 de agosto. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). BNDES, Rio de Janeiro.

30 de agosto. Daniel Tarquínio sola o Concerto No.3 de Beethoven com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (então chamada Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília), sob regência de Júlio Medaglia. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional, Brasília. 

13 de setembro. Recital de Margarita Shack (mezzo soprano) e Maria Teresa Madeira (piano).Auditório do IBAM, Rio de  Janeiro.

19 de setembro. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência Cyril Diederich tendo como solista Arthur Moreira Lima. TMRJ.

21 de setembro. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência Cyril Diederich tendo como solista Arnaldo Cohen. TMRJ.

27 de setembro. Recital de Maria Teresa Madeira com músicas brasilerias. Rede Nacional da Música. Aracajú (SE).

29 de setembro. Recital de Maria Teresa Madeira com músicas brasilerias. Rede Nacional da Música, Natal (RN).

4 de outubro. Recital de Agustin Anievas pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

6 de outubro. Recital de Agustin Anievas com obras de Schubert (3 Improvisos Op.90 e Fantasia Wanderer), Chopin (os 12 Estudos Op.25). Fundação Casa de Ruy Barbosa. Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

12 de outubro. Recital de Inetta Harris (soprano) e Maria Teresa Madeira (piano). Sala Villa-Lobos, Unirio, Rio de Janeiro.

17 de outubro. Recital de Yara Bernette pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

18 de outubro. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). Rede Nacional da Música. Dourados (MS).

21 de outubro. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). Rede Nacional da Música. Campo Grande (MS).

22 de outubro. Recital de Lulu Pereira (trombone baixo) e Maria Teresa Madeira (piano). Rede Nacional da Música. Cuiabá (MT).

10 de novembro. Recital de Christine MacDonnel (clarineta), Paul Redman (trombone) e Maria Teresa Madeira (piano). IBEU de Copacabana, Rio de Janeiro.

17 de novembro. Recital de Leda Linfort (soprano) e Maria Teresa Madeira (piano). Sala Villa-Lobos, Unirio, Rio de Janeiro.

23 de novembro. Recital de Arthur Moreira Lima. TMRJ.

27 de novembro. Recital de Margarita Schak (soprano) e Maria Teresa Madeira (piano). Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

No mundo

Ricardo Castro fica em 3º lugar no Concurso Géza Anda, em Zurique, Suíça, criado em 1979. O 1º lugar foi de Konstanze Eickhorst (Alemanha Ocidental).

André Boainain fica em 1º lugar no Concurso Internacional de Piano Prêmio Jaén, Espanha.