2004

No Brasil

Realização do 4º Concurso Nacional de Piano de Música Brasileira “Spartaco Rossi”, no Conservatório de Tatuí, SP. I Turno: 1º Lugar – Israel Monteiro dos Santos (Piracicaba – SP); 2º Lugar – Anisteli F. Campos de Oliveira (Tatuí-SP). Menções Honrosas – Gabriela Fernanda Valêncio (Tatuí-SP), Marcel Silva Guirra (Tatuí-SP) e Marcelle R. Maganha (Lençóis Paulista-SP). II Turno: 1º Lugar – Ariã Ai Yamanaka (São Caetano do Sul-SP); 2º Lugar – Diego R. Caetano (Anápolis-GO). Menções Honrosas – Amanda Cintra Rabelo (Goiânia-GO). III Turno: 1º Lugar – Marina Rabelo de Queiroz (Brasília-DF); 2º Lugar e Melhor Intérprete de Música Brasileira – Paulo Henrique A. de Almeida (Tatuí-SP). IV Turno: 1º Lugar – Aline Schimidt (São Paulo-SP); 2º Lugar – Andrei Fossari Tosta (São Paulo-SP). Comissão Julgadora: André Luis Silva Rangel, Eduardo Monteiro, Leila Mutanen Tai, Mauricy Matos Martin e Sérgio Vasconcellos-Corrêa.

O álbum "Schumann", de Nelson Freire, vence a 15ª Edição do Prêmio da Música Brasileira na categoria "Álbum Clássico".

14 de janeiro. Abertura do 26º CIVEBRA (Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília). Recital de Aloysio Fagerlande (fagote) e Maria Teresa Madeira (piano) com obras de Villa-Lobos (Ciranda das sete notas), Francisco Mignone (Concertino para Fagote e piano). Maria Teresa interpretou ao piano solo obras de Villa-Lobos (Valsa da dor e Ibericarabe), Francisco Mignone (3ª Valsa-choro e Tango). Teatro Levino de Alcântara, Escola de Música de Brasília. 

29 de janeiro. Maira Freitas sola o Concerto No.1 de Prokofieff, acompanhada ao 2º piano por Maria Teresa Madeira, durante o 26º CIVEBRA (Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília). Teatro Levino de Alcântara, Escola de Música de Brasília. 

30 de janeiro. É apresentado o Sexteto de Martinů, com a participação de diversos músicos, incluindo a pianista Maria Teresa Madeira, durante o 26º CIVEBRA (Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília). Teatro Levino de Alcântara, Escola de Música de Brasília. 

20, 21, 22 e 23 de fevereiro. Trasmissão do programa “Conversa de Músico” pela TV Senado, gravado no final de janeiro em Brasília, com recital de Maria Teresa Madeira, que interpretou obras de Francisco Mignone (Valsa-choro No.3), Villa-Lobos (Valsa da dor, Iberecarabe), Ernesto Nazareth (Fon-Fon!, Odeon). Produção: André Tribuzy. 

3 de abril.  Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Yeruham Scharovsky tendo como solista Jean Phíllipe Collard. TMRJ. 

14 de março. Recital de lançamento do CD “Ano Novo”, de Rildo Hora (gaita) e Maria Teresa Madeira (piano). Teatro da UFF, Rio de Janeiro.

5 de abril. Recital de Raïff Dantas (violoncelo) e Maria Teresa Madeira (piano) com obras de Brahms (Sonata para piano e cello em mi menor Op.38), e Schostakovitch (Sonata para cello e piano Op.40). Livraria Cultura, Shopping Villa-Lobos, São Paulo (SP).

7 de abril. Recital de Nelson Freire. TMRJ.

5 de junho. Concerto da Orquestra Petrobrás Pró-Música sob regência de Moshe Atzmon tendo como solista o pianista grego Janis Vakarelis. TMRJ.

12 de junho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Gabor Hollerung tendo como solista Sérgio Monteiro. TMRJ.

26 de junho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Edvard Tchivzhel tendo como solista Jean-Louís Steuerman. TMRJ.

30 de junho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Edvard Tchivzhel tendo como solista Fany Solter. TMRJ.

10 de junho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira tendo como solista Vadim Rudenko. TMRJ.

16 a 24 de julho. Realização do 14º FEMUSICA (Festival de Musica de Inverno de Campos). Campos dos Goytacazes (RJ).

27 de julho. Recital de Maria Teresa Madeira durante o Festival de Música do Vale do Café. Igreja Matriz N. S. da Conceição, Vassouras (RJ).

15 de agosto. Maria Teresa Madeira atua como solista frente à Orquestra da UFF (regente não-identificado). Cine Arte UFF, Niterói (RJ).

23 a 27 de agosto. Realização do III Concurso Nacional de Piano Maria Teresa Madeira. Conservatório Brasileiro de Musica, Rio de Janeiro.

11 de setembro. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de José Maria Florêncio tendo como solista Emanuele Arciuli. TMRJ.

19 de setembro. Recital de Nelson Freire e Martha Argerich a dois pianos com obras de Brahms, Schubert, Rachmaninoff, Ravel e Lutoslawski. Sala São Paulo.

20 de setembro. Recital de Nelson Freire e Martha Argerich a dois pianos com obras de Brahms, Schubert, Rachmaninoff, Ravel e Lutoslawski. Sala São Paulo.

21 de setembro. Recital de Nelson Freire e Martha Argerich a dois pianos com obras de Brahms, Schubert, Rachmaninoff, Ravel e Lutoslawski. Sala São Paulo.

22 de setembro. Recital de Maria Teresa Madeira com obras de Ary Barroso, Carolina Cardoso de Menezes, Sinhô, Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, Francisco Mignone, Chiquinha Gonzaga, Scott Joplin, Zequinha de Abreu. Clube do Choro de Brasília.

23 de setembro. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Ira Levin tendo como solistas Nelson Freire e Martha Argerich. TMRJ.

23 de setembro. Recital de Maria Teresa Madeira com obras de Ary Barroso (pot-pourri com Aquarela do Brasil e Na Baixa do Sapateiro), Carolina Cardoso de Menezes (Preludiando, e Lembrando Nazareth), Sinhô (Jura, em arranjo de Maria Teresa Madeira, inspirado no arranjo de Carolina Cardoso de Menezes), Ernesto Nazareth (Escorregando, Confidências, Fon-Fon!), Jacob do Bandolim (Santa Morena, em arranjo de Maria Teresa Madeira), Francisco Mignone (3ª Valsa-choro), Chiquinha Gonzaga (Gaúcho (Corta-Jaca), Plangente, Bionne), Scott Joplin (The entertainer e Maple Leaf Rag). De bis, foram tocadas músicas de Zequinha de Abreu (Tico-tico no fubá) e Lamartine Babo (Hino do Flamengo). Clube do Choro de Brasília.

24 de setembro. Recital de Maria Teresa Madeira com obras de Ary Barroso (pot-pourri com Aquarela do Brasil e Na Baixa do Sapateiro), Carolina Cardoso de Menezes (Preludiando, e Lembrando Nazareth), Sinhô (Jura, em arranjo de Maria Teresa Madeira, inspirado no arranjo de Carolina Cardoso de Menezes), Ernesto Nazareth (Escorregando, Confidências, Fon-Fon!), Jacob do Bandolim (Santa Morena, em arranjo de Maria Teresa Madeira), Francisco Mignone (3ª Valsa-choro), Chiquinha Gonzaga (Gaúcho (Corta-Jaca), Plangente, Bionne), Scott Joplin (The entertainer e Maple Leaf Rag). De bis, foram tocadas músicas de Jacob do Bandolim (O vôo da mosca, em arranjo de Maria Teresa Madeira) e Zequinha de Abreu (Tico-tico no fubá). Clube do Choro de Brasília.

25 de setembro. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Ira Levin tendo como solistas Nelson Freire e Martha Argerich. TMRJ.

28 de setembro. Maria Teresa Madeira sola a Rhapsody in blue de Gershwin com a Orquestra Sinfônica da Bahia sob regência de Norton Morozowicz. Teatro Castro Alves, Salvador (BA).

29 de setembro. Maria Teresa Madeira sola a Rhapsody in blue de Gershwin com a Orquestra Sinfônica da Bahia sob regência de Norton Morozowicz. Teatro Castro Alves, Salvador (BA).

1º de outubro. Recital do duo formado por Nelson Freire e Martha Argerich. No programa, obras de Brahms, Schubert, Rachmaninoff, Ravel e Lutoslawski. Teatro do Sesi de Porto Alegre.

20 de novembro. "Villa-Lobos e as Crianças". Recital de Maria Teresa Madeira com obras de Schumann (Cenas infantis), Villa-Lobos: (1ª Suíte Infantil; Suite Francette e Piá - seleção de três movimentos: Piá est venu em France; Francette est Contente; Francette et Piá Jouent pour Toujours), Aylton Escobar (Mini suíte das três máquinas - I. A Máquina de Escrever; II. A Caixinha de Música; III. O Coração da Gente). Maria Teresa Madeira e Maíra Freitas Ferreira (piano a 4 mãos) interpretaram “A Folia de um bloco infantil”, de O carnaval das Crianças", como parte do 42º Festival Villa-Lobos. Fundação Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro.

14 de dezembro. Concerto da Orquestra Petrobrás Pró-Música sob regência de Isaac Karabtchevsky (em comemoração de seus 70 anos e 50 de carreira) tendo como solista José Feghali. TMRJ.

No mundo