1953

No Brasil

Estreia da Paulistana No.7, de Claudio Santoro, por Anna Stella Schic em São Paulo.

25 de fevereiro. Falece o compositor e pianista João Itiberê da Cunha no Rio de Janeiro.

28 de março. Souza Lima sola o Concerto em ré maior de J. S. Bach com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho ou Hugh Ross. TMRJ.

31 de março. Arnaldo Estrella sola a Fantasia brasileira No.1 de Francisco Mignone e o Momoprecoce de Villa-Lobos com a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

4 de abril. O duo pianístico Janine Reding-Henri Piette sola o Concerto em só maior para dois pianos e orquestra de J. S. Bach com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho ou Hugh Ross. TMRJ.

6 de abril. Recital de Sebastian Benda com obras de Bach (Fantasia cromática e Fuga), Haydn (Sonata em mi bemol maior), Beethoven (32 Variações em dó menor), Martin (Oito prelúdios para piano, em 1ª audição no Rio de Janeiro), Camargo Guarnieri (Choro torturado), Alda Caminha (Dança das congadas), Liszt. TMRJ.

10 de abril. Mário Neves sola o Concerto em lá menor para piano e orquestra, de Assis Republicano (em 1ª audição mundial), e Heitor Alimonda sola o Concerto No.1 de Claudio Santoro (em 1ª audição mundial), ambos com a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

11 de abril. Janine Reding, Henri Piette e Souza Lima solam o Concerto para três pianos e orquestra de J. S. Bach com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho ou Hugh Ross. TMRJ.

18 de abril. Janine Reding, Henri Piette, Souza Lima e Ivy Improta solam o Concerto para quatro pianos e orquestra de J. S. Bach (sobre concerto de Vivaldi) com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho ou Hugh Ross. TMRJ.

20 de abril. Recital do duo pianístico Janine Reding-Henri Piette com obras de Pasquini (Sonata em ré menor), Brahms (Sonata em fá menor Op.34 bis), Schumann (Andante e variações), Camargo Guarnieri (Dança da Suíte brasiliana, em arranjo de Eleazar de Carvalho), Debussy, Milhaud (Suíte Scaramouche). Houve 3 bis. TMRJ. 

22 de maio. Recital de Ornella Santoliquido com obras de Marcello, Beethoven (Sonatas No.14 e No.32), Casella, Rachmaninoff, Paganini-Liszt. TMRJ. [acesse aqui o programa]

25 de maio. Recital de Massimo Amfitheatrof (violoncelo) e Ornella Santoliquido (piano) com obras de Brahms (Sonata Op.38), Beethoven (Sonata Op.69), Strauss (Sonata Op.6). TMRJ. [acesse aqui o programa]

29 de maio. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Vivaldi, Scarlatti, Schumann (Carnaval), Ravel, Debussy, Villa-Lobos (A manha da pierrete, da série Carnaval das crianças; e O polichinelo, de A prole do bebê No.1), Chopin. TMRJ.

30 de maio. Lucy Salles sola o Concerto de Ravel com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

2 de junho. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Bach-Busoni, Beethoven (32 Variações em dó menor), Wevber, Chopin (Sonata No.3), Lorenzo Fernandez (Jongo, 3º mov. da Suíte brasileira No.3), Rachmaninoff, Prokofieff, Scriabin, Borodin, Liszt. TMRJ.

5 de junho. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Beethoven (Sonata No.21), Liszt, Chopin (os 24 Prelúdios). TMRJ.

6 de junho. Ornela Santoliquido sola o Concerto No.5 "Imperador" de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Wladimir Goldschmann. TMRJ.

9 de junho. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Villa-Lobos (Prelúdio das Bachianas brasileiras No.4), Beethoven (Sonata No.23), Mussorgsky (Quadros de uma exposição), Chopin. TMRJ.

13 de junho. Maryan Filar sola o Concerto No.1 de Tchaikovsky com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Wladimir Goldschmann. TMRJ.

22 de junho. Recital de Heloísa de Figueiredo Cordovil com obras de Henrique Oswald (Un rêve, Duas miniaturas, Saudade, Il neige..., Valsa lenta, Noturno, Estudo No.3), Francisco Braga (Marionettes), Leopoldo Miguez (Noturno), Faulhaber (Scherzo), Fructuoso Vianna (Dança de negros), Delgado de Carvalho (Valsa romântica), Carlos Vianna de Almeida (Ritmos cariocas 1º série, 3ª peça "Brincando"), Francisco Mignone (Valsa de esquina No.1 e Congada), Villa-Lobos (Choros No.5 "Alma brasileira" e Dança do índio branco), Alberto Nepomuceno (Valsas humorísticas, redução para dois pianos de Arthur Napoleão - o 2º piano foi tocado por Humberto de Figueiredo Cordovil, filho de Heloísa). TMRJ.

22 de junho. Recital de Maryan Filar pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

23 de junho. Recital de Maryan Filar pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

23 de junho. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Chopin. Houve seis bis e "grande manifestação do público". TMRJ.

25 de junho. Recital de Solomon com obras de Bach-Liszt, Schubert (Sonata em lá menor D.784), Beethoven (Sonata No.26), Francisco Mignone (Lenda sertaneja No.8), Chopin (as quatro Baladas). TMRJ. 

26 de junho. Alexander Brailowsky sola o Concerto No.1 de Chopin e o Concerto No.2 de Rachmaninoff com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Wladimir Goldschmann. TMRJ.

1º de julho. Recital de Solomon com obras de Haydn (Sonata em dó maior), Beethoven (Sonata No.32), Chopin (Sonata No.2), Villa-Lobos (Pobrezinha, de A prole do bebê No.1), Debussy. TMRJ. 

3 de julho. Recital de Alexander Brailowsky com obras de Chopin (Sonata No.2, os 24 Prelúdios, e outras peças). TMRJ.

4 de julho. Magda Tagliaferro sola o Concerto No.3 de Prokofieff (em 1ª audição no Rio de Janeiro) com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eduard Van Beinum. TMRJ.

16 de julho. Recital de Raymond Trouard pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

17 de julho. Recital de Raymond Trouard pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

17 de julho. Recital de Maryan Filar com obras de Bach (Toccata em ré maior), Mozart (Sonata No.4), Brahms, Szymanowski, Villa-Lobos (O caranguejo, do Guia prático), Chopin. TMRJ. 

18 de julho. Homero de Magalhães sola o Concerto No.1 de Brahms com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eduard Van Beinum. TMRJ.

21 de julho. Recital de Raymond Trouard com obras de Haydn (Sonata em fá maior), Bach-Busoni, Fauré, Ravel (Sonatina), Chopin, Liszt, Paganini-Liszt. TMRJ. 

25 de julho. Pierre Sancan sola o Concerto No.20 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

1º de agosto. Laís de Souza Brasil sola o Tema e quatro variações (Os quatro temperamentos) para piano e orquestra de cordas, de Hindemith (em 1ª audição no Brasil), com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMSP. [acesse aqui o programa]

8 de agosto. Guiomar Novaes sola o Concerto No.9 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

10 de agosto. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

18 de agosto. Recital de Oriano de Almeida pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

19 de agosto. Recital de Oriano de Almeida pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

22 de agosto. Cesarina Riso sola o Concerto No.24 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

29 de agosto. Magda Tagliaferro sola o Concerto No.5 "Imperador" de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

6 de setembro. Laís de Souza Brasil sola o Tema e quatro variações (Os quatro temperamentos) para piano e orquestra de cordas, de Hindemith, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. Cine Teatro Rex, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

12 de setembro. Leonard Bernstein sola o Concerto de Ravel com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob sua regência. TMRJ.

20 de setembro. Recital de Paul Badura-Skoda com obras de Bach (Toccata em dó menor), Beethoven (Sonata No.23), Villa-Lobos (Impressões seresteiras), Brendel, Ravel, Schubert (quatro Improvisos Op.90). TMRJ. 

25 de setembro. Leonard Bernstein sola o Concerto No.17 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob sua regência. TMRJ.

1º de outubro. Recital de Magda Tagliaferro pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

8 de outubro. Recital de Maria Tipo pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

9 de outubro. Recital de Maria Tipo pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

9 de outubro. Recital do Quarteto do Theatro Municipal, formado por Mariuccia Iacovino (violino), Henrique Morelenbaum (violino), Lionello Forzanti (viola) e Renzo Brancaleon (violoncelo), com a participação de Ivy Improta (piano), que interpretaram obras de Boccherini (Quarteto em dó menor - cordas), Debussy (Quarteto em sol menor - cordas), e Schumann (Quarteto para piano, violino, viola e violoncelo). TMRJ.

9 de outubro. Recital de Lia Cimaglia Espinosa com obras de Bach, Schumann (Peças fantásticas Op.12), Franck (Prelúdio, fuga e variação Op.18), Debussy, Ravel, Lorenzo Fernandez (Velha modinha, 1º mov. da Suíte brasileira No.1, e Cateretê, 3º mov. da Suíte brasileira No.2), Williams, Lia Cimaglia (Evocación criolla e Danza) e Guastavino. Conservatório de Música de Pelotas (RS).

10 de outubro.  Final do Concurso Brasileiro de Piano da Juventude Musical Brasileira: 1º lugar - Lucy Salles; 2º lugar - Homero de Magalhães; 3º lugar - Daisy de Lucca. TMRJ. [acesse aqui o programa geral do concurso]

11 de outubro. Eudóxia de Barros sola o Concerto No.1 de Villa-Lobos com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. Cine Rex, Rio de Janeiro.

12 de outubro. Recital de Maria Tipo com obras de Scarlatti, Beethoven (Sonata No.21), Villa-Lobos (Rodante, 3ª peça da Simples coletânea), Bloch, Chopin. TMRJ. 

13 de outubro. Recital de Pia Tassinari (soprano), Ferruccio Tagliavini (tenor) e Fritz Jank (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

17 de outubro. Yara Bernette sola o Concerto No.2 de Brahms om a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Feliz Prohaska. TMRJ.

25 de outubro. Eudóxia de Barros sola o Concerto No.1 de Villa-Lobos com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho (como prêmio por ter ficado em quarto lugar no Concurso para Solista da Orquestra Sinfônica Brasileira). Teatro Cultura Artística, São Paulo.

26 de outubro. Recital de Sequeira Costa pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

27 de outubro. Recital de Sequeira Costa pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

27 de outubro. Recital de Oriano de Almeida com obras de Beethoven (Sonata No.23), Schumann (Carnaval de Viena), Villa-Lobos (Farrapos, Dança característica africana No.1), Turina, Albéniz. TMRJ. 

31 de outubro. Primeira audição no Brasil do Concerto para piano e orquestra de Max Reger, tendo como solista Henry Jolles, com a Orquestra Sinfônica Brasileira, sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

11 de novembro. Recital de Sequeira Costa com obras de Kabalevsky (Sonata No.3), Ravel (Gaspard de la nuit), Chopin (12 Estudos Op.10), Vianna da Motta (Improviso No.1 Op.18), Camargo Guarnieri (Canção sertaneja), Liszt. TMRJ. 

13 de novembro. Fritz Jank sola o Concerto para piano e orquestra, de Najla Jabor (em 1ª audição mundial) e o Concerto No.1 de Tchaikovsky, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

16 de novembro. Recital de Maxim Schapiro pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

17 de novembro. Recital de Maxim Schapiro pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

19 de novembro. Recital de Maxim Schapiro com obras de Schubert, Schumann (Toccata), Prokofieff (Sonata No.7), Milhaud (L'album de Madame Bovary, em 1ª audição no Rio de Janeiro), Ravel, Camargo Guarnieri (Choro torturado), Villa-Lobos (New York skyline melody, em 1ª audição no Rio de Janeiro e possivelmente no Brasil; Plantio do caboclo e Dança do índio branco - do Ciclo brasileiro) e Virgil Thompson (10 Estudos, em 1ª audição no Rio de Janeiro). TMRJ. 

21 de novembro. Recital de Arnaldo Estrella com obras de Haydn (Sonata em fá maior), Beethoven (Sonata No.4), Villa-Lobos (Ciranda No.8 "Vamos atrás da serra, Calunga..." e Dança do índio branco), Debussy, Prokofieff (Sonata No.7), Chopin. TMRJ. 

23 de novembro. Grande Concerto Vocal sob regência de Alfonso Micheli, com participação dos pianistas Fritz Jank e Mario Rossini pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo. 

15 de dezembro. Arnaldo Estrella sola Noites nos jardins de Espanha, de De Falla, com a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal sob regência de Lionello Ferzanti. TMRJ.

17 de dezembro. Recital de Arthur Moreira Lima, aos 13 anos, com obras de Bach, Beethoven (Sonata No.8), Chopin, Kabalevsky (Sonata No.3), Olga Pedrario (Suíte "No reino de Parla"), Villa-Lobos (A lenda do caboclo), Francisco Mignone (Valsa de esquina No.1), Lorenzo Fernandez (Cateretê, 3º mov. da Suíte brasileira No.2). TMRJ.

23 de dezembro. Encerramento do ano letivo da Academia de Música Lorenzo Fernandez. Sonia Goulart interpreta obras de Liadow, e Francisco Mignone (No fundo do meu quintal). Vera Astrachan interpreta obras de Albéniz e Percheron. Robert Fuchs interpreta obras de Chopin. Nelson Freire interpreta obras de Rachmaninoff e Chopin. Esta foi a primeira vez em que Nelson Freire se apresentou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e provavelmente os demais pianistas também. Participaram do recital diversos outros músicos: Maria Juliana (canto), Maria de Lourdes Luzardo (canto), Josefina Braga (piano), Sônia Almeida (piano), Zélia Milanez (piano), Doris de Almeida (piano), Alice Dora França (violino), Rosa Steinmann (piano), Ítalo Babini (violoncelo), Salomé Cotelli (soprano), Amabélia Carvalheiro (canto), Elder Noronha (canto), Lenita Bruno (canto), Ely de Milo (canto). TMRJ. [acesse aqui o programa]

28 de dezembro. Recital de Tarquínio Lopes (canto), Hermelindo Castello Branco (canto) e Babi de Oliveira (piano) com canções de Babi de Oliveira: Intermezzo, Impossível (em 1ª audição), Domingo, Saudade de você, La vie (em 1ª audição), Trovas (em 1ª audição), Teu, Canto da minha terra, Zé Ninguém, Essa nega Fulô!, Brasileiro, Pleno, 3 Epigramas, Brasil, "La cathédrale engloutie", Invernia (em 1ª audição), Cachimbo do sertão (em 1ª audição), Destino (em 1ª audição), Trovas (em 1ª audição), Trem de ferro, Seresta da saudade, Maria Macambira, e, de bis, Maria, Caboclo do Rio, Muiraquitã. Centro Paulista, São Paulo. [acesse aqui o programa]

No mundo

9 de janeiro. Estreia mundial do Concerto No.4 para piano e orquestra, de Villa-Lobos, por Bernardo Segall ao piano, e Villa-Lobos regendo a Orquestra Sinfônica de Pittsburgh. Pittsburgh, EUA.

25 de fevereiro. Vladimir Horowitz toca no Carnegie Hall, em Nova York, aquele que viria a ser seu último recital em público pelos próximos 12 anos. No repertório, obras de Brahms, Schubert (Sonata No.21), Chopin, Scriabin (Sonata No.9), Debussy, Liszt-Horowitz, Clementi e Prokofiev.

3 de março. Recital de Isabel Mourão. Town Hall, Nova York, EUA.

30 de março. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com a University of Illinois Symphony Orchestra sob regência de Bernard Goodman. University of Illinois, EUA. [acesse aqui o programa]

8 de março. Ramón Castillo sola o Momoprecoce (em 1ª audição na Espanha) de Villa-Lobos com orquestra sob regência de Villa-Lobos. Gran Teatro del Liceo, Barcelona, Espanha.

30 março. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com a University of Illinois Symphony Orchestra sob regência de Bernard Goodman. Na primeira parte, Guiomar interpretou ao piano solo obras de Bach-Siloti e Beethoven (Sonata No.14). University of Illinois, University Auditorium, Illinois, EUA. [acesse aqui o programa]

23 de abril. Anna-Stella Schic sola o Concerto No.2 (1ª audição na França) de Villa-Lobos com a Orquestra da Sociedade de Concertos do Conservatório de Paris sob regência de Villa-Lobos. Sala Gaveau, Paris, França.

2 de junho. Estreia da Sonata para piano, de Roberto Schnorrenberg, por intérprete não-identificado, durante o 27º Festival da Sociedade Internacional de Música Contemporânea, em Oslo (Noruega), escolhida pelo Júri Internacional, composto pelos compositores Conrad Beck (Suíça), Sten Broman (Suécia), Oivin Fjelstad (Noruega), Roman Palester (Polônia) e Matyas Seiber (Inglaterra).

28 de agosto. Bernardo Segall sola o Concerto No.4 de Villa-Lobos com a Orquestra Filarmônica de Los Angeles sob regência de Heitor Villa-Lobos. Hollywood Bowl. Los Angeles, Califórnia, EUA.

6 a 13 de setembro. Carmen Vitis Adnet Graf é finalista e fica em 2º lugar no Concurso Internacional de Música ARD (Munique, Alemanha), criado em 1952. Também ficaram empatados em 2º lugar, porém sem terem passado para a final, os pianistas brasileiros Maria Clodes Jaguaribe e Jacques Klein, juntamente com quatro pianistas de outros países. Ficaram empatados em 1º lugar os pianistas Alexander Sellier (Alemanha Ocidental) e Eduardo Vercelli Maffei (Argentina). 

21 de setembro a 4 de outubro. Jacques Klein fica em 1º lugar na categoria masculina do Concurso Internacional de Música de Genebra (Suíça), criado em 1939. Na categoria feminina, não foi conferido 1º lugar. O 2º lugar foi da austríaca Ingrid Haebler.

4 de novembro. Recital de Isabel Mourão. Town Hall, Nova York, EUA.