1983

No Brasil

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 1983 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Flávio Varani (categoria "Solista"), Duo pianístico de São Paulo (Sylvia Maltese e Marlys Lopes Gatto) (categoria "Conjunto instrumental:"), Wagner Tiso (categoria "Instrumental", em "Música popular"), César Camargo Mariano (categoria "Teclados", em "Música popular"). A obra "Reminiscências de Adriano", para piano a quatro mãos, de Amaral Vieira, foi premiada na categoria "Obra instrumental/solista", e a obra "Sonata para violino e piano", de Souza Lima, foi premiada na categoria "Obra de câmara".

10 de março. Luiz Fernando Benedini sola o Concerto No.1 de Tchaikovsky com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (então chamada Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília), sob regência de Emílio de César. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional, Brasília. 

30 de junho. Maria Josephina Mignone sola a Fantasia Brasileira No.4 de Francisco Mignone com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (então chamada Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília), sob regência de Francisco Mignone. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional, Brasília. 

14 de julho. Belkiss Carneiro de Mendonça (piano) e Dino Pedini (trompete) solam o Concerto No.1 de Shostakovich com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (então chamada Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília), sob regência de Florentino Dias. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional, Brasília. 

23 de julho. Norah de Almeida sola o Concerto No.3 de Beethoven com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (então chamada Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília), sob regência de Piero Bastianelli. Sala Martins Penna, Teatro Nacional, Brasília. 

No mundo

Estreia do Prelúdio (1.23) e do Prelúdio No.26 de Claudio Santoro, por Alex Blin, em Mannheim, Alemanha.

Eliane Rodrigues fica em 5º lugar na 10ª edição do Concurso Internacional de Música Rainha Elizabeth da Bélgica ((International Music Competition Queen Elizabeth of Belgium), em Bruxelas, criado em 1937. O 1º lugar deste ano foi do francês Pierre-Alain Volondat.