1961

No Brasil

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 1961 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Gilberto Tinetti (na categoria "Solista"), Fritz Gaub (na categoria "Recitalista"), Eudóxia de Barros (dentre outros, na categoria "Prêmio especial").

Isabel Mourão grava o ciclo completo dos 50 Ponteios de Camargo Guarnieri.

Estreia mundial do Frevo, de Claudio Santoro, por Iris Bianchi no Rio de Janeiro.

26 de abril. Recital de Jack Heidelberg com obras de Bach, Poulenc (5 Noturnos), Ravel, Schubert (Sonata Op.120 em lá maior), Villa-Lobos (Choros No.5 "Alma brasileira"), Albéniz (Suíte Ibéria). TMRJ.

3 de maio. Recital de Irany Leme com obras de Bach-Rummel, Schumann, Paganini-Liszt, Debussy, João Octaviano (harmonização sobre a canção "Faz hoje um ano"), Camargo Guarnieri (Dança brasileira), Fructuoso Vianna (Corta-jaca). Auditório da Reitoria da Universidade do Paraná, Curitiba (PR). [acesse aqui o programa]

5 de maio. Recital de Irany Leme com obras de Bach-Rummel, Schumann, Paganini-Liszt, Debussy, João Octaviano (harmonização sobre a canção "Faz hoje um ano"), Camargo Guarnieri (Dança brasileira), Fructuoso Vianna (Corta-jaca). Auditório da Reitoria da Universidade do Paraná, Curitiba (PR). [acesse aqui o programa]

6 de maio. Recital de Irany Leme com obras de Bach-Rummel, Schumann, Paganini-Liszt, Debussy, João Octaviano (harmonização sobre a canção "Faz hoje um ano"), Camargo Guarnieri (Dança brasileira), Fructuoso Vianna (Corta-jaca). Auditório da Reitoria da Universidade do Paraná, Curitiba (PR). [acesse aqui o programa]

9 de maio. "Noite da canção brasileira".  Lia Salgado (soprano) interpretou canções de Villa-Lobos (Evocação), Camargo Guarnieri (Aribu, e Quebra o coco menina). Alexandre Trick (baixo) interpretou canções de Luciano Gallet (Foi numa noite calmosa), Waldemar Henrique (Trem de Alagoas), Villa-Lobos (Nhapopê). Carmen Pimentel (contralto) interpretou canções de Brasílio Itiberê II (Cordão de prata), Luís Cosme (Gauchita), Francisco Mignone (Festa na Bahia). Roberto Miranda (tenor) interpretou canções de José Siqueira (Irene no céu), Arthur Iberê de Lemos (Desejo), Lorenzo Fernandez (Dentro da noite). Maria Sílvia Pinto (soprano) interpretou canções de Helza Camêu (Balada das folhas), Osvaldo Lacerda (Três miniaturas - I. Não chega bem ao meu ombro; II. Ando triste; e III. Dei-te os sonhos de minh'alma), Guerra-Peixe (O vaqueiro). Lêda Coelho de Freitas (soprano) interpretou canções de Alberto Nepomuceno (Ao amanhecer), Fructuoso Vianna (Madrigal), Arnaldo Rebello (Toada baré). Alfredo Mello (baixo) interpretou canções de Armando Albuquerque (Oração da estrela boieira), Radamés Gnattali (Gaita), Ernani Braga (Ó kininbá). Cristina Maristany (soprano) interpretou canções de José Vieira Brandão (Canção à toa), Claudio Santoro (Levavas a madrugada), Alceo Bocchino (Do nosso amor guarda apenas, em 1ª audição mundial; e Cantiga de ninar). Diva Pieranti (soprano) interpretou canções de Francisco Mignone (O doce nome de você), Jayme Ovalle (Azulão), Paurillo Barroso (Tu). Os pianistas acompanhadores foram Werther Politano, Hermelindo Castelo Branco, Murillo Santos e Alceo Bocchino. Houve comentários de Manuel Bandeira, apresentados pelo locutor Paulo Santos. Este recital provavelmente foi gravado e transmitido pela Rádio MEC. Foyer do TMRJ.

16 de maio. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Schumann (Sonata No.1, dentre outras peças), Liszt, Camargo Guarnieri (Dança negra), Debussy, De Falla, Granados e Albéniz. TMSP. 

24 de maio. Recital de J. de Souto Menor. Auditório do Conservatório de Música de Pelotas (RS).

26 de maio. Recital de Rudolf Firkusny com obras de Beethoven (Sonata No.5), Mozart, Schubert (Sonata No.21), Fructuoso Vianna (7 Miniaturas), Ravel (incluindo Alborada del gracioso), Liszt, Smetana. TMRJ.

30 e 31 de maio, e 1º de junho. É realizado o II Concurso Nacional de Piano (União dos Músicos do Brasil). Juri: José Siqueira (presidente), Guiomar Novaes, Antonietta Rudge, Souza Lima, Francisco Mignone, Jacques Klein, Oriano de Almeida, Lucia Branco, Heitor Alimonda, Herminia Roubaud, Devete Vasso. 1º lugar: José Mário Feitosa Barreto; 2º lugar: João Carlos de Assis Brasil; 3º lugar: Romelita Maria Loureiro Pereira (ou Ferreira) Leite; 4º lugar: José Mauro Dias Leal; 5º lugar: Ana Maria Basilone e Maria Lucia Hauer (empatadas). TMRJ. Rio de Janeiro. [acesse aqui o livro de candidatos]

6 de junho. Recital de Kjell Baekkelund pela Associação Baiana de Arte. Salvador (BA).

14 de junho. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Schumann (incluindo a Sonata No.1), Liszt, Camargo Guarnieri (Dança negra), Debussy, De Falla, Granados, Albéniz. TMRJ.

14 de junho. Recital de Kjell Baekkelund com obras de Grieg (Balada), Mozart (Sonata No.11), Brahms, Bartok, Dorumsgaard, Blomdahl, Chopin. TMRJ.

17 de junho. Kjell Baekkelund sola o Concerto No.3 de Beethoven e o Concerto de Grieg com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

21 de junho. Bernardo Segall sola o Concerto No.4 (1ª audição no Brasil) de Villa-Lobos com a Orquestra Sinfônica da Universidade do Rio Grande do Sul sob regência de Pablo Komlós. Rio Grande do Sul.

25 de junho. O Trio da Rádio MEC, formado por Alceo Bocchino (piano), Anselmo Zlatopolsky (violino) e Iberê Gomes Grosso (violoncelo), interpreta o Trio No.3 Op.110 de Schumann. Diva Pieranti (soprano) e Cláudia Moreno (piano) interpretam canções de Barrozo Netto (Cantiga), Alberto Nepomuceno (Sempre), Francisco Mignone (Passarinho está cantando e Berimbau), Massarani (harmonização sobre Prenda minha), Hekel Tavares (Cantiga de Nossa Senhora), Luís Cosme (Gauchinha), anônimo (Minha maria bonita), Oswaldo de Souza (Pingo d'água), José Siqueira (Reminiscência). Na última parte, Oriano de Almeida interpretou 4 obras de Chopin ao piano solo. Este recital provavelmente foi gravado e transmitido pela Rádio MEC. TMRJ.

2 de julho. José Mauro Dias Leal sola o Concerto No.2 de Liszt com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Alceo Bocchino. TMRJ.

12 de julho. Recital de Giuseppe Postiglione com obras de Chopin (os 24 Estudos), Fructuoso Vianna (Dança de negros), Milhaud (Saudades do Brasil), Stravinsky (Sonata), Balakirev (Islamey). TMRJ.

15 de julho. Ivy Improta sola o Concerto de Schumann com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Pablo Komlós. TMRJ.

16 de julho. Leda Coelho de Freitas (soprano) e Roberto Schlaepfer (piano) interpretam canções de Alberto Nepomuceno (Anoitece e Ao amanhecer), Francisco Braga (Virgens mortas), Villa-Lobos (Saudades de minha vida e Estrela é lua nova), Fructuoso Vianna (Sabiá), Octavio Maul (Canção da felicidade e Invocação a Rudá). Na primeira parte, apresentou-se o Conjunto de Música Antiga da Rádio MEC. Na última parte, Iris Bianchi interpretou ao piano solo 5 obras de Liszt. Este recital provavelmente foi gravado e transmitido pela Rádio MEC. TMRJ.

18 de julho. Recital de Hans Graf com obras de Bach, Schubert (3 Improvisos Op.90), Stravinsky (4 Estudos Op.7), Claudio Santoro (Duas danças brasileiras), Camargo Guarnieri (Dança negra), Francisco Mignone (Congada), Brahms (Sonta No.1). De bis, foram interpretadas obras de Debussy, Prokofieff, Scarlatti e Schubert. TMRJ.

19 de julho. Recital de Emma Contestabile com obras de Scarlatti (2 Sonatas), Chopin (5 peças), Debussy. Na segunda parte, Contestabile solou o Concerto No.5 "Imperador", de Beethoven, com a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal sob regência de Nino Stinco. TMRJ.

21 de julho. Recital de Jacques Klein com obras de Haydn (Sonata em dó menor), Beethoven (Sonata No.7), Schubert (Fantasia Wanderer), Francisco Mignone (Lenda sertaneja No.8), Chopin (3 Polonaises). TMRJ.

22 de julho. Carmen Vitis Adnet sola o Concerto No.2 de Brahms com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Pablo Komlós. TMRJ.

25 de julho. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP. 

27 de julho. Giuseppe Postiglione, Heitor Alimonda e Homero de Magalhães solam o Concerto para 3 pianos de Bach e o Concerto para 3 pianos de Mozart com a Orquestra de Câmara da Pró-Arte sob regência de Roberto Schnorrenberg. TMRJ.

3 de agosto. Recital de Charles Lilamand com obras de Bach-Liszt, Mozart (Sonata No.11), Chopin (5 Estudos), Schumann (Cenas infantis), Liszt. TMRJ.

6 de agosto. Recital de Marcelo Guerchfeld (violino) e Fritz Jank (piano). TMSP. 

10 de agosto. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP. 

14 de agosto. Recital de Heitor Alimonda com obras de Mozart, Beethoven (Sonata No.5), Schumann (Sonata No.1), Heitor Alimonda (Sonata No.2), Honegger (6 Peças breves), Liszt. De bis, foram interpretadas obras de De Falla e Prokofieff. TMRJ.

19 de agosto. Rosana Martins sola o Concerto No.9 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Alceo Bocchino. TMRJ.

20 de agosto. Barbara Brieger sola o Concerto No.17 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Alceo Bocchino. TMRJ.

21 de agosto. Recital de Maura Moreira (canto) e Gerardo Parente (piano) com obras de Durante, Mozart, Peri, Schubert, Respighi, Debussy, O. de Souza (Jurupanã), Aloysio de Alencar Pinto (Sôdade, Xangô, Ofulú lorêrê-ê, Abá Logum), Ernani Braga (Capim di pranta), Luciano Gallet (Morena, morena...), Babi de Oliveira (Vamo saravá). De bis, foram interpretadas obras de Verdi, Aloysio de Alencar Pinto (Canto dos índios botocudos) e Saint-Saëns. TMRJ.

28 de agosto. Recital de Guiomar Novaes com obras de Bach-Busoni, Beethoven (Sonata No.21), Schumann (Carnaval), Villa-Lobos (O ginete do pierrozinho, de O carnaval das crianças), Chopin (Sonata No.3). De bis, foram interpretadas peças de Chopin e Gottschalk. TMRJ.

29 de agosto. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano) com obras de Ravel. TMSP. 

2 de setembro. Jacques Klein sola o Concerto No.1 de Tchaikovsky com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

3 de setembro. Esther Rozemberg sola o Concerto No.23 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

3 de setembro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano) com obras de Ravel. TMSP. 

9 de setembro. Recital de Guiomar Novaes com obras de Schumann (Cenas infantis, dentre outras peças), Chopin (Sonata No.3 e 8 Prelúdios). De bis, foi interpretado Gottschalk. TMRJ.

10 de setembro. Cristina Ortiz, aos 11 anos, sola o Concerto No.23 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

16 de setembro. Comemoração do Cinquentenário do Teatro Municipal de São Paulo. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP. 

17 de setembro. Eliana Paladini Cardoso sola o Concerto No.1 de Brahms com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

16 a 30 de setembro. Realização da 1ª Semana de Música de Vanguarda (Introdução à I Bienal de Música), organizada pela Juventude Musical Brasileira sob o auspício do Ministério da Educação e da Cultura e do Departamento de Turismo e Certamos do Estado da Guanabara. Concertos sinfônicos, de música eletrônica, de orquestra de câmara, jazz, conferências, debates, teatro (Drama eletrônico, de autoria de Jocy de Oliveira). Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra de Câmera da Universidade da Bahia, Jazz de vanguarda, Teatro dos 7, com a participação de Luciano Berio, Henri Pousseur. David Tudor, H. J . Koellreutter, Eleazar de Carvalho, Alceo Bocchino, Diogo Pacheco, Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Italo Rossi, Gianni Ratto. [apenas de esta ser uma introdução à I Bienal de Música, esta só viria a ocorrer em 1975]. Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa de divulgação]

17 de setembro. "Concerto de jazz de vanguarda", como parte da "1ª Semana de Música de Vanguarda (Introdução à I Bienal de Música)". O trio formado por Luiz Eça (piano), Octávio (contrabaixo) e Élcio (bateria), interpreta obras de Gershwin, Luiz Eça (Temas em sambajazz). O quarteto formado por Sérgio Mendes (piano), Maciel (trombone), Gusmão (contrabaixo) e Victor (bateria) interpreta obras de Sérgio Mendes (Hi-fi Club blues), Roberto Menescal (O barquinho). O quinteto formado por Cipó (sax tenor), Aurino (sax tenor), Sérgio Mendes (piano), Tião (contrabaixo) e Victor (bateria) interpreta obras de Thelonious Monk, Cipó (Just 6/8). O Brazilian Jazz Sextet, formado por Juarez (sax tenor), Aurino (sax tenor e barítono), Maciel (trombone), Sérgio Mendes (piano), Gusmão (contrabaixo) e Victor (bateria) interpreta obras de Sérgio Mendes (Le renard), A. Anderson. O octeto formado por Astor Silva, Maciel I, Maciel II, Morato e Pala (trombones), Zequinha (piano), Tião (contrabaixo) e Juquinha (bateria) interpreta obras de Astor (Astrology), Cohn. O Tenteto K-Ximbinho interpreta K-ximblues, e obras de Ary Barroso (Aquarela do Brasil) e Ataulfo Alves (Amélia). Na última parte, apresentou-se uma grande orquestra de jazz sob regência de Cipó, com arranjos de Cipó e Marco Rupe, interpretando obras de Cipó (Tema de vanguarda) e Marco Rupe (Percussyonism). TMRJ.

19 de setembro. "Concerto de música eletrônica apresentado por Henri Pousseur",  como parte da "1ª Semana de Música de Vanguarda (Introdução à I Bienal de Música)". David Tudor interpreta ao piano solo obras de Stockhausen e John Cage. TMRJ.

24 de setembro. Concerto de música eletrônica. David Tudor interpreta ao piano solo obras de Earle Brown, Sylvano Bussotti, e Stockhausen (com participação de sons eletrônicos e percussão). TMRJ.

25 de setembro. Recital de Lia Salgado (soprano) e Fritz Jank (piano). TMSP. 

26 de setembro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP. 

30 de setembro. Concerto de encerramento da 1ª Semana de Música de Vanguarda. Yara Bernette sola o Concerto No.3 de Prokofieff com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

1º de outubro. Eliane Cardoso sola o Concerto No.21 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

6 de outubro. Recital de Jacques Klein com obras de Franck (Prelúdio, coral e fuga), Schubert (Fantasia), Brahms (8 Valsas Op.39), Chopin (3 peças). De bis, foram interpretadas obras de Villa-Lobos (Prelúdio, 1º mov. das Bachianas brasileiras No.4), Scriabin e Moszkowski. TMRJ.

7 de outubro. Vera Astrachan sola o Concerto No.1 de Beethoven com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

8 de outubro. Luiz Carlos de Moura Castro sola o Concerto No.3 de Rachmaninoff com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

8 de outubro (mesmo dia do concerto acima, porém em horário diferente). Recital de estreia do Duo Pianístico da Rádio MEC, formado por Iris Bianchi e Oriano de Almeida, com obras de Bach, Brahms (incluindo as Variações sobre um tema de Haydn), Schumann, Rachmaninoff (Suíte No.2). De bis, foi executado O vôo do besouro, de Rimsky-Korsakoff. TMRJ.

9 de outubro. Recital de Kyoko Tanaka com obras de Couperin, Rameau, Debussy (4 Prelúdios), Poulenc, Schumann (Fantasiestücke Op.12). TMRJ.

14 de outubro. Arnaldo Estrella sola o Concerto No.2 de Chopin com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

15 de outubro. Cipa Glazman sola o Concerto No.19 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

21 de outubro. Gilberto Tinetti sola o Concerto No.1 de Brahms com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Diogo Pacheco. TMRJ.

25 de outubro. Recital de Eduardo Hazan com obras de Villa-Lobos (Prelúdio, provavelmente das Bachianas brasileiras No.4), Mozart, Beethoven (Sonata No.31), Debussy, Bartok, Schumann (Cenas infantis) Chopin. Auditório do Colégio Estadual do Paraná, Curitiba (PR). [acesse aqui o programa]

26 de outubro. Recital de Gilberto Tinetti com obras de Bach (Toccata em mi menor), Beethoven (Sonata No.15), Debussy, Camargo Guarnieri (Sonatina No.4, em 1ª audição no Rio de Janeiro), Brahms, Schumann (Sonata No.2). De bis, foram interpretadas obras de Camargo Guarnieri (Ponteio No.49), Villa-Lobos (Prelúdio, 1º mov. das Bachianas brasileiras No.4). TMRJ.

28 de outubro. Maria da Penha sola o Concerto No.5 "Imperador", de Beethoven, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

29 de outubro. Lia Gualda de Sá sola o Concerto No.2 de Liszt com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

30 de outubro. Recital de Eduardo Hazan pela Associação Baiana de Arte. Salvador (BA).

4 de novembro. Jocy de Oliveira sola Noites nos jardins de Espanha, de De Falla, com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

5 de novembro. Jacques Klein sola as Variações sobre um tema de Paganini com a Orquestra Sinfônica Nacional da Rádio MEC sob regência de Eleazar de Carvalho. TMRJ.

6 de novembro. Recital de Magdalena Lébeis e Fritz Jank (piano). Auditório da Liga das Senhoras Católicas, São Paulo. 

10 de novembro. João Carlos Martins sola o Concerto No.1 de Ginastera (em 1ª audição no Brasil), com a Orquestra Sinfônica Municipal sob regência de Diogo Pacheco. TMSP.

12 de novembro. Arnaldo Estrella sola o Concerto de Francisco Mignone com a Orquestra Sinfônica Nacional da Rádio MEC sob regência de Francisco Mignone. TMRJ.

15 de novembro. Recital de Alfredo Mello (baixo), Giorgio Bariola (violoncelo) e Fritz Jank (piano) Beetjhoven, Philidor, Mozart, Brahms, Ibert, Luciano Gallet (Acorda, donzela...), Radamés Gnattali (Gaita), Camargo Guarnieri (Cantiga da tua lembrança), Poulenc. De bis, foi interpretada Foi numa noite calmosa, de Luciano Gallet. TMRJ.

18 de novembro. Fernando Lopes sola o Concerto de Schumann com a Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Arthur Bosmans. TMRJ.

21 de novembro. Nasce Tim Rescala no Rio de Janeiro.

23 de novembro. Sônia Maria Strutt sola o Concerto No.1 de Villa-Lobos com a Orquestra Sinfônica Nacional da Rádio MEC sob regência de Alceo Bocchino. TMRJ.

27 de novembro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP. 

4 de dezembro. Recital de Ariana Pfister (violino) e Fritz Jank (piano). TMSP. 

28 de dezembro. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP. 

No mundo

, Fernando Lopes fica empatado em 2º lugar com o francês Jean Derbès na categoria masculina do Concurso Internacional de Música de Genebra (Suíça), criado em 1939. O 1º lugar foi do francês Désiré N´Kaoua. Na categoria feminina, não houve 1º prêmio. Ficaram empatadas em 2º lugar a francesa Marise Charpentier e a japonesa Ryoko Ohno-Fukasawa.

21, 22 e 24 de março. Realização do "Concurso Internacional Magda Tagliaferro". Um dos concorrentes foi Flavio Varani, representando o Brasil. Provavelmente Paris, França.

2 de agosto. Estreia mundial do Concertino para piano e orquestra de câmara, de Camargo Guarnieri, por João Carlos Martins, e Camargo Guarnieri regendo a Pequena orquestra sinfônica de St. Louis, nos Estados Unidos.

22 de outubro. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com orquestra e regente não-identificados. Grace Rainey Rogers Auditorium, Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA.

Dezembro (provavelmente dia 9). Recital de Guiomar Novaes. Nova York, EUA.