1920

No Brasil

13 de maio. Recital de Luba D'Alexandrowska pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

21 de maio. Recital de música de câmara com participação de Francisco Mignone (piano), Armando Bellardi e outros pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

26 de maio. Recital de Georges Boskoff pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

5 de junho. Irene Nogueira da Gama sola o Concerto No.1 de Tchaikovsky com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ.

23 de junho. Recital de Arthur Rubinstein com obras de Schumann (Carnaval), Chopin, Albéniz, Debussy, De Falla, Scriabin e Liszt. TMRJ.

14 de agosto. Recital de Vera Janacopulos (canto) e Ernani Braga (piano) com obras de Schumann, Weckerlin, Tiersot, Perilhon, Glauco Velásquez (Casa do coração), Villa-Lobos (Viola, No.2 das Miniaturas), Francisco Braga (Virgens mortas), Ernani Braga (arranjo de Casinha pequenina), Rachmaninoff, Mussorgsky, Fauré, Enescu, Duparc, De Falla. TMRJ.

30 de agosto. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com orquestra sob regência de Francisco Braga. No mesmo programa, Villa-Lobos regeu a estreia mundial de sua Sinfonia No.1, e João Octaviano regeu a estreia mundial de sua Sinfonia No.1 TMRJ.

31 de agosto. Irene Nogueira da Gama interpreta obras de Henrique Oswald (Noturno Op.6 No.2) Faulhaber (Valsa Op.4), Liszt, Chopin. Também participaram do recital Alfredo Gomes (violoncelo), Nascimento Filho (canto) interpretando canções de Alberto Nepomuceno (Numa concha) e Barrozo Netto (Jesus e Olhos tristes), Humberto Milano (violino), todos acompanhados por Barrozo Netto ao piano. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

30 de setembro. Concerto organizado pelo Instituto Nacional de Música em homenagem aos reis belgas. Maria do Carmo Monteiro da Silva solou o 1º mov. do Concerto de Grieg, com orquestra sob regência de Francisco Braga. Também participaram do concerto Elpídio Pereira, João Octaviano e Villa-Lobos regendo suas próprias obras, além de outros músicos. TMRJ. [acesse aqui o programa]

13 de outubro. Recital de Leonidas Autuori (violino) e Souza Lima (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

15 de outubro. Concerto em benefício das obras de caridade dos reis belgas. Guiomar Novaes sola o Concerto de Schumann com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ.

16 de outubro. Falece o compositor, pianista e regente cearense Alberto Nepomuceno.

24 de outubro. Recital de Guiomar Novaes com obras de Chopin (incluindo a Sonata No.2 e a Sonata No.3). TMRJ. 

11 de dezembro. "Concerto Barrozo Netto". O trio formado por Barro Netto (piano), Humberto Milano (violino) e Alfredo Gomes (violoncelo) interpreta o Trio de Alberto Nepomuceno, e o Trio Op.45 de Henrique Oswald. Humberto Milano (violino) e Barrozo Netto (piano) interpretam a Sonata Op.36 para violino e piano de Henrique Oswald. Irene Nogueira da Gama interpreta ao piano solo as Variações em fá sustenido, de Alberto Nepomuceno e as Variações sobre um tema de Barrozo Netto, de Henrique Oswald. Nascimento Filho (canto) interpreta duas canções de Henrique Oswald (Minha estrela e Aos sinos), provavelmente com acompanhamento de Barrozo Netto ao piano. Salão do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

15 de dezembro. Recital de Maria Carreras pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

No mundo

5 de janeiro. Nasce Arturo Benedetti Michelangeli em Brescia, itália.

27 de março. Recital de Guiomar Novaes. Aeolian Hall, Nova York, EUA.

9 de novembro. Guiomar Novaes sola o Concerto No.4 de Saint-Saëns com a New York Symphony sob regência de Willem van Hoogstraten. Este foi o primeiro concerto de Guiomar transmitido pelo rádio. Nova York, EUA.

29 de novembro. Primeiro concerto pelo "Groupe des Six" (Grupo dos Seis) com obras de Francis Poulenc, Georges Auric, Darius Milhaud, Arthur Honegger, Georges Auric, Germaine Tailleferre e Louis Durey. Participaram do recital os músicos Georges Auric (piano), Darius Milhaud (piano e violino), Marcelle Meyer (piano), Nininha Velloso Guerra (piano), e Fernande Capelle (violino). Nininha Velloso Guerra interpretou as 4 primeiras peças de Saudades do Brasil, de Darius Milhaud, em primeira audição mundial, e também interpretou a 2ª Sonata para piano e violino do mesmo compositor, com o violinista Fernande Capelle. Galerie Montaigne, Paris, França.