2011

No Brasil

Realização do 7º Concurso Nacional de Piano de Música Brasileira “Spartaco Rossi”, edição em homenagem a Francisco Mignone, no Conservatório de Tatuí, SP. Vencedores: I Turno: 1º lugar – Brenno Faria (Uberlândia–MG); 2º lugar – Milene Souza Dias (Tatuí–SP); 3º lugar – Jennifer Pereira (Ipatinga-MG). Melhor Intérprete de Francisco Mignone: Milene Giulia da S. Antunes (Tatuí-SP). Menções Honrosas: Jordan A. G. R. Pereira; (Ipatinga-MG), Lucas Silva (São Paulo-SP); Fernanda Antunes (Tatuí-SP); Julia R. Nunes (Tatuí-SP); Isabella B. Guariroba (São Paulo); e Carolina Scheffelmeier M. Silva 
(São Paulo-SP). Prêmio Revelação: Liah Guéron (Vitória-ES); Prêmio Melhor Intérprete de Osvaldo Lacerda: Elina Isabel M. Silva (Tatuí-SP). Prêmio Estímulo: Kauan Calaça Vieira e Brenda G. dos S. Olivieri (Tatuí-SP). II Turno: 1º lugar – Francine de M. Dias (Tatuí-SP); 2º lugar - Victor R. Canto (São José do Rio Preto-SP); 3º lugar - Letícia N. Isuda (Campinas-SP); Melhor Intérprete de Francisco Mignone: Francine de Moraes Dias (Tatuí-SP). Menções Honrosas: Gabriel G. Veagnoli (Tatuí-SP); João Pedro F. Mello (Rio de Janeiro-RJ); e Matheus Z. Páscui (Santo André-SP). Prêmio Incentivo: Sulamita Oliveira Michelin (Botucatu-SP). III Turno: 1º lugar – Vinícius Augusto Costa (Itu-SP); 2º lugar – Ariã Ai Yamanaka (São Paulo-SP); 3º lugar – Felipe de Souza (Sorocaba-SP). Melhor Intérprete de Francisco Mignone: Ariã Ai Yamanaka (São Paulo). Menção Honrosa: Andrei Abreu (Viana-ES). Prêmio Revelação: Felipe de Souza (Sorocaba-SP); Prêmio Incentivo: Helber F. Ribeiro (São Paulo) e Lucas S. Gonçalves (Cubatão-SP). IV Turno: 1º lugar – Antonio Guimarães Neto (Rio de Janeiro); 2º lugar – Elenisio R. B. Junior (Vitória-ES); 3º lugar – Camila Oliveira (Santo André-SP). Melhor Intérprete de Francisco Mignone: Lucas M. Nogara (S. J. da Boa Vista-SP). Prêmio Professora Zoraide Mazzulli Nunes e Menção Honrosa – Milena Leme Lopes 
(Tatuí-SP). Prêmio Incentivo: Arthur Nesrala (São PauloSP) e Glauco Tassio M. Fernandes (João Pessoa-PB). Comissão julgadora: Catarina Domenici, Cláudio Tegg, Maria Elisa Risarto, Maria José Carrasqueira, Marina Brandão, Renato Figueiredo e Zoraide Mazzulli Nunes (júri do prêmio especial que leva seu nome).

O álbum "Chopin: The Nocturnes", de Nelson Freire, vence a 22ª Edição do Prêmio da Música Brasileira na categoria "Álbum Clássico".

No mundo