1917

No Brasil

20 de janeiro. Inauguração do Theatro São Pedro, em São Paulo (SP).

28 de setembro. Concerto em comemoração do 1º aniversário da Sociedade cultural feminina. Haydée Hor Meyll sola o Concerto de Raff; e Antonietta Leite de Castro e Edith Lorena solam o Concerto para dois pianos e orquestra de Mendelssohn, com orquestra sob regência de Francisco Nunes, Participaram do evento diversos outros músicos e poetas. TMRJ.

11 de outubro. Recital Chopin pela pianista Sylvia de Figueiredo. TMRJ.

3 de novembro. Branca Bilhar (piano), Judith Barcellos (violino) e Carmem Braga (violoncelo) interpretam o Trio No.5 (Op.70 No.1) "Fantasma", em ré maior, de Beethoven, e o Trio No.3 Op.110, em sol menor, de Schumann. Cada uma também interpretou peças como solista. Branca Brilhar interpretou a Chacona de Bach-Busoni. TMRJ.

15 de novembro. Concerto do Instituto Nacional de Música em comemoração ao 28º aniversário da República, com a presença do presidente da República, Venceslau Brás. João Octaviano Gonçalves solou o Concerto para piano e orquestra, Op.10, de Henrique Oswald, com orquestra sob regência de Francisco Braga. TMRJ.

17 de novembro. Estreia de Idílio na rede (que integra a Suíte floral), de Villa-Lobos, por Ernani Braga, no Salão Nobre do Jornal do Commercio, Rio de Janeiro. 

27 de novembro. Recital de Maria Amélia de Rezende Martins em benefício do Retiro dos Jornalistas, com obras de Bach-Busoni, Beethoven, Schumann, Schumann-Liszt, Schubert-Liszt, Chopin, Grieg, Tchaikovsky, Debussy, e Wagner-Liszt. TMRJ.

30 de novembro. 4º Concerto do Grêmio Artístico Amigos da Música sob a direção de Francisco Chiaffitelli. Suzanna, Helena e Sylvia de Figueiredo solaram o Concerto para 3 pianos de J. S. Bach, com orquestra provavelmente sob regência de Chiaffitelli. TMRJ.

No mundo

1º de abril. Nasce Dinu Lipatti em Bucareste, Romênia.