1963

No Brasil

Centenário de nascimento de Ernesto Nazareth

É realizada na Biblioteca Nacional uma exposição comemorativa do centenário de Ernesto Nazareth. Sob a direção de Adonias Filho (diretor geral da BN) e a coordenação de Mercedes Reis Pequeno (chefe da Divisão de Música da BN), com colaboração da Academia Brasileira de Música e do Serviço Nacional de Teatro, esta foi a primeira vez em que se viu um volume grande de itens e informações sobre Ernesto Nazareth reunidos em um só lugar. O catálogo da exposição, de 66 páginas, fornecia a listagem dos 381 itens que foram expostos, dentre partituras, fotos, recortes de jornal e documentos, e também constituiu a primeira listagem completa da obra de Nazareth, sendo uma pedra fundamental para todas as pesquisas subsequentes sobre sua obra.

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 1963 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Fritz Jank (categoria "Solista"), Gilberto Tinetti (categoria "Recitalista"), José Antônio de Almeida Prado (categoria "Revelação"). A obra "Concertino para piano e orquestra", de Camargo Guarnieri, foi premiada na categoria "Obra sinfônica", e o LP "Recital de peças brasileiras" (Natan Schwartzman, violino; Fritz Jank, piano) foi premiado na categoria "Disco de música brasileira".

É realizado o IV Concurso Nacional da União dos Músicos do Brasil (Piano, Violino e Canto). Juri: José Siqueira (presidente), Belmira Frazão, Arnaldo Rebello, Artur Kauffman, Francisco Mignone, Lidia Alimonda,  Eurico Nogueira França, Valdemar de Almeida, Aloysio de Alencar Pinto, Pedro de Castro. Na prova final, além de um concerto para piano e orquestra, os candidatos tiveram que interpretar o Batuque, de Ernesto Nazareth, em homenagem ao seus 100 anos de nascimento. O 1º lugar foi de José Mauro Dias Leal. Rio de Janeiro. [acesse aqui o livro de candidatos]

25 de abril. Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal sob regência de Edoardo di Guarnieri, tendo como solista Jacques Klein, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

7 de maio. Recital de Sebastian Benda pela Associação Baiana de Arte. Salvador (BA).

20 de maio. Recital do trio formado por Fritz Jank (piano), Gino Alfonsi (violino) e Calixto Corazza (violoncelo) com os Trios de Beethoven (primeiro de três recitais). TMSP.

27 de maio. Recital do trio formado por Fritz Jank (piano), Gino Alfonsi (violino) e Calixto Corazza (violoncelo) com os Trios de Beethoven (segundo de três recitais). TMSP.

29 de maio. Recital de Arthur Moreira Lima com obras de Bach (Partita No.1), Beethoven (Sonata No.23), Barber (Excursions Op.20 completo), Liszt, Villa-Lobos (Festa no sertão). (provavelmente Auditório da reitoria da Universidade do Paraná), Curitiba (PR). [acesse aqui o pograma]

5 de junho. "Evocação de Ernesto Nazareth". Palestra musical de Arnaldo Rebello, com participação dos seguintes artistas: Maria Helena Rebello Brandão (ballet), Alfredo Mello (canto), Mario de Azevedo e Arnaldo Rebello (duo pianístico), Roberto Miranda (canto), Virgílio Arraes (violino) e Arnaldo Rebello (piano). Museu Nacional de Belas Artes, Departamento de Música, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

11 de junho. Recital do trio formado por Fritz Jank (piano), Gino Alfonsi (violino) e Calixto Corazza (violoncelo) com os Trios de Beethoven (terceiro de três recitais). TMSP.

20 de junho. Recital de Jarbas Braga (barítono) e Fritz Jank (piano). TMSP.

27 de junho. Recital de Jacques Klein pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

1º de julho. Recital do Quarteto de Cordas Municipal e Fritz Jank (piano). TMSP.

16 de agosto. Recital de Yara Bernette pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

24 de agosto. Recital dLéa Vinacour (canto) e Fritz Jank (piano). TMSP.

27 de agosto. Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal, sob regência de Armando Bellardi, tendo como solista Bernardo Segall, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

26 de setembro. Recital de Ruth Slenczynska com obras de Scarlatti, Bartok (Sonata), Chopin, Rachmaninoff (10 Prelúdios dos Op.23 e 32), Prokofieff. TMRJ.

9 de outubro. Recital de Guiomar Novaes pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

16 de outubro. Recital de João Carlos Martins, com o ciclo integral de O cravo bem temperado, de J. S. Bach (primeiro de três recitais), pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

2 de novembro. Recital de João Carlos Martins, com o ciclo integral de O cravo bem temperado, de J. S. Bach (segundo de três recitais), pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

28 de outubro. Recital de João Carlos Martins, com o ciclo integral de O cravo bem temperado, de J. S. Bach (terceiro de três recitais), pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

7 de novembro. Recital de Cristina Ortiz, aos 13 anos, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

21 de novembro. Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal, sob regência de Diogo Pacheco, tendo como solista Gilberto Tinetti, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

No mundo

Estreia dos Prelúdios No.19, 20 e 21 (2ª série - "Três prelúdios sobre uma série"), de Claudio Santoro, por Jocy de Oliveira, nos Estados Unidos.

26 de outubro.Guiomar Novaes atua como solista frente a orquestra e regente não-identificados. Grace Rainey Rogers Auditorium, Nova York, EUA.