1940

No Brasil

Fundação da Escola Magda Tagliaferro, em São Paulo.

7 de janeiro. Primeiro recital de Belkiss Carneiro de Mendonça (referida como Belkiss Spenziere). Salão de Honra do Liceu de Goiás, Goiás, GO.

15 de janeiro. Fructuoso Vianna interpreta obras de Bach-Liszt, Brahms (2 peças), Chopin (3 peças, e Estudos não-especificados do Op.10 e Op.25), Fructuoso Vianna (7 Miniaturas sobre temas brasileiros, completas), Albéniz. Clube Concódia, Curitiba, PR. [acesse aqui o programa]

23 de fevereiro. Concerto de orquestra sob regência de Souza Lima tendo como solista Alonso Annibal da Fonseca, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

27 de fevereiro. Recital do Quarteto Haydn, com participação de Souza Lima ao piano, pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

27 de fevereiro (mesmo dia do concerto acima, porém em horário diferente). Recital de Eugenio Transky (canto) e Fritz Jank (piano). TMSP.

7 de março. Recital de Hermann Frischler (canto) e Fritz Jank (piano). TMSP.

15 de março. Fructuoso Vianna sola um dos Concertos de Mozart em mi bemol maior, provavelmente o No.22, com orquestra sob regência de Ernesto Mehlich. TMSP. [acesse aqui o programa]

16 de março. Recital de Estelinha Epstein. Teatro José de Alencar, Fortaleza (CE).

27 de março. Antonio Munhoz interpreta o Prelúdio basco, de Frei Antonio de San Sebastian, e as Variações sobre um tema de Bach, de Liszt; Fructuoso Vianna interpreta obras de Granados, Albéniz, Ravel, Fructuoso Vianna (Dança de negros), Homero Barreto (Noturno) e Liszt (2 peças). Neste mesmo concerto, o Coral Paulistano apresentou-se sob regência de Fructuoso Vianna, interpretando peças de Barbosa de Britto (Babú, como há de ser isto?), Fructuoso Vianna (Sabiá), Barrozo Netto (As borboletas) e Clorinda Rosato (Anica o que me quereis? e Ouve, oh amigo João!). TMSP. [acesse aqui o programa]

8 de abril. Fritz Jank acompanha ao piano os cantores da Rússia Imperial (Michael Dido, 1º tenor; Demetro Criona, 2º tenor; Stephen (Estevão) Slepoushkin, barítono; Andreas (Andrew) Grigorieff, baixo; Ierinarh (Irinarch) Zragewsky, baixo profundo). TMSP.

12 de abril. Fritz Jank acompanha ao piano os cantores da Rússia Imperial (Michael Dido, 1º tenor; Demetro Criona, 2º tenor; Stephen (Estevão) Slepoushkin, barítono; Andreas (Andrew) Grigorieff, baixo; Ierinarh (Irinarch) Zragewsky, baixo profundo). TMSP.

13 de abril. Fritz Jank acompanha ao piano os cantores da Rússia Imperial (Michael Dido, 1º tenor; Demetro Criona, 2º tenor; Stephen (Estevão) Slepoushkin, barítono; Andreas (Andrew) Grigorieff, baixo; Ierinarh (Irinarch) Zragewsky, baixo profundo). TMSP.

17 de abril. Fritz Jank acompanha ao piano os cantores da Rússia Imperial (Michael Dido, 1º tenor; Demetro Criona, 2º tenor; Stephen (Estevão) Slepoushkin, barítono; Andreas (Andrew) Grigorieff, baixo; Ierinarh (Irinarch) Zragewsky, baixo profundo), em um recital com obras de Rimsky-Korsakoff, Lvov, Pecheniha-Ouglitzky, Lvovsky, Kashevaroff, Naprovnick, Nischinsky, Ippolitov-Ivanov, Mozart-Tchaikovsky, Vogel, Glinka, Mussorgsky, Dargomizinsky, Karnovich; folclore; Kihalchik, e Heifetz. Jank solou ao piano obras de Rachmaninoff, Henrique Oswald (Barcarola), e Camargo Guarnieri (Dança brasileira). TMRJ.

23 de abril. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Mozart, Bach, Beethoven (Sonata No.23), Debussy, Poulenc, Fauré, Saint-Saëns, Villa-Lobos (Ciranda No.1 "Terezinha de Jesus..." e Ciranda No.6 "Passa, passa, gavião..."), Mompou, De Falla. Dentre as personalidades presentes na plateia, estavam Villa-Lobos, Francisco Mignone, e Mario de Andrade. TMRJ.

23 de abril. Concerto com orquestra sob regência de Ernesto Mehlich tendo como solista Fritz Jank, que provavelmente interpretou o Concerto No.1 de Tchaikovsky. TMSP.

25 de abril. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Hahn, Fauré, De La Presle, Schumann (Sonata No.1), Francisco Mignone (Lenda sertaneja No.4 e Estudo transcendental No.5 "A menina dos cabelos cor de graúna"), Ibert, Ravel, Chopin. TMRJ.

27 de abril. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Bach, Chopin (Sonata No.3), Fructuoso Vianna (Dança de negros), Fauré, Ravel, Liszt. TMRJ.

2 de maio. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Mendelssohn, Weber, Schumann (Carnaval de Viena), Lorenzo Fernandez (Acalanto da saudade), Debussy, Albéniz, De Falla. TMRJ.

2 de maio (mesmo dia do recital acima, porém em horário diferente). Recital de Cacilda Ortigão (canto) e Waldemar Navarro (piano) com obras de Caccini, Zueli, Recli, Pratella, Respighi, Rossini, Schubert, Schumann, Mozart, Saint-Saëns, David, Dell'Acqua, Turina, Carlos Gomes (ária não-especificada de Salvator Rosa), Thomaz de Lima e Ruy Coelho. TMRJ.

3 de maio. Recital de Mieczyslaw (Miécio) Horszowski pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

4 de maio. Recital de Guiomar Novaes com obras de Bach-Siloti, Bach (Fantasia cromática e Fuga), Scarlatti, Brahms (Sonata No.3), Villa-Lobos (Branquinha, Moreninha, A pobrezinha, e O Polichinelo, de "A prole do bebê No.1"), Chopin. TMRJ.

6 de maio. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Bach, Mozart (Sonata No.11), Schumann (Sonata No.1), Poulenc, Fauré, Saint-Saëns, Villa-Lobos (A lenda do caboclo), De Falla. TMRJ. [acesse aqui o programa]

8 de maio. Recital de Magda Tagliaferro pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

10 de maio. Recital de Mieczyslaw (Miécio) Horszowski com obras de Haydn, Chopin, Debussy, Ravel. TMRJ.

10 de maio. Recital de Magda Tagliaferro. TMSP.

11 de maio. Recital de Guiomar Novaes com obras de Couperin, Daquin, Handel, Schumann, Chopin (Sonata No.2), Francisco Mignone (Estudos transcendentais No.1 "Velho tema", e No.5 "A menina dos cabelos cor de graúna"), Lorenzo Fernandez (A fada do bosque), Debussy e Scriabin. TMRJ.

16 de maio. Recital de Claudio Arrau com obras de Brahms (Sonata No.3), Ravel, Villa-Lobos (Choros No.5 "Alma brasileira"), Liszt. TMRJ.

16 de maio (mesmo dia do recital acima, porém em horário diferente). Recital de Arthur Rubinstein com obras de Bach-Tausig (Toccata em dó maior), Beethoven (Sonata No.26), Chopin (4 peças), Villa-Lobos (Pobrezinha e O polichinelo, de "A prole do bebê No.1"), Debussy (2 peças), Stravinsky (Petrushka). TMRJ.

18 de maioRecital de Arthur Rubinstein com obras de Franck (Prelúdio, Coral e Fuga), Brahms (2 peças), Ravel (Alborada del gracioso + 1 peça), Villa-Lobos (Mulatinha, de "A prole do bebê No.1"), Albéniz, Chopin (4 peças). TMRJ.

21 de maioRecital de Arthur Rubinstein com obras de Schumann (Estudos sinfônicos), Poulenc (3 Movimentos perpétuos), Ravel, Chabrier, Debussy (2 peças), Albéniz (3 peças). TMRJ.

23 de maioRecital de Arthur Rubinstein com obras de Bach, Bach-Busoni, Szymanowski, Bartók, Shostakovich, Prokofieff, Chopin, Liszt. TMRJ.

25 de maioRecital de Arthur Rubinstein com obras de Chopin (9 peças, incluindo a Sonata No.3). TMRJ.

31 de maio. Recital de Mieczyslaw (Miécio) Horszowski. Fortaleza (CE).

4 de junhoRecital de Arthur Rubinstein com obras de Chopin (3 peças), Liszt (Sonata), Albéniz (2 peças), De Falla (2 peças). TMRJ.

7 de junho. Recital de Claudio Arrau. Salão Nobre da Biblioteca Pública, Pelotas (RS).

12 de junho. Recital de Claudio Arrau pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

16 de junho. Recital de Claudio Arrau. TMRJ.

18 de junho. Recital de Claudio Arrau pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

23 de junho. Recital de Arthur Rubinstein com obras de Bach (Toccata em fá maior), Beethoven (Sonata No.23), Schumann (Carnaval), Chopin (3 peças), De Falla (2 peças), Albéniz. TMRJ. 

29 de junho. Recital de Simon Barere com obras de Beethoven (Sonata No.23), Chopin, Scriabin (Sonata No.4), Liszt. TMRJ.

30 de junho. Recital de Maryla Jonas com obras de Handel, Rossi, Rameau, Beethoven (uma das Sonatas do Op.31), Schubert, Villa-Lobos (uma das Suítes infantis), João Itiberê da Cunha (Marcha humorística), Prokofieff (Sonata No.1), Chopin. TMRJ. 

2 de julho. Recital de Simon Barere com obras de Bach-Busoni, Scarlatti, Chopin, Scriabin, Blumenfeld, Barrozo Netto (Choro), Liszt. TMRJ.

6 de julho. Recital de Simon Barere com obras de Bach, Schumann (Carnaval), Chopin, Glazunov, Blumenfeld, Barrozo Netto (Minha terra), Godowsky (Metamorfose sinfônica sobre O morcego). TMRJ.

13 de julho. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Mozart, Bach, Beethoven (Sonata No.23), Chopin, Francisco Mignone (Congada), Debussy, Fauré, De Falla. TMRJ.

13 de julho (mesmo dia do recital acima, porém em horário diferente). Recital de Simon Barere com obras de Chopin, Liszt (Sonata, dentre outras peças). TMRJ.

16 de julho. Nasce Arthur Moreira Lima no Rio de Janeiro (RJ).

18 (ou 19) de julho. Recital de Noemi Bittencourt com obras de Bach-Liszt, Beethoven (Sonata No.22), Chopin (Sonata No.2), Villa-Lobos (A lenda do caboclo, Branquinha de "A prole do bebê No.1", e a Ciranda No.8 "Vamos atrás da serra, Calunga"), Stokowski, Rachmaninoff. De bis, foram interpretadas obras de Debussy, e Chopin. TMRJ.

22 de julho. Recital de Ricardo Odnoposoff (violino) e Fritz Jank (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

3 de agosto. 100º concerto da Cultura Artística do Rio de Janeiro. Concerto com orquestra sob regência de Eugen Szenkar com obras de Mozart, Tchaikovsky, Beethoven (Concerto para violino, tendo como solista Ricardo Odnoposoff), Carlos Gomes (Alvorada de "Lo schiavo"), Weinberger, Wagner. TMRJ. [acesse aqui o programa]

6 de agosto. Fritz Jank acompanha ao piano o violinista Ricardo Odnoposoff em um recital com obras de Brahms (Sonata No.3), Lalo (Sinfonia espanhola), Sarasate, Paganini-Auer, Villa-Lobos (A mariposa da luz), Szymanowski, Strauss-Prihoda. TMRJ.

23 de agosto. Recital de Magda Tagliaferro. Fortaleza (CE).

9 de setembro. Recital de Mieczysław (Miécio) Horszowski. Salão Nobre da Biblioteca Pública, Pelotas (RS).

17 de setembro. Guiomar Novaes sola o Concerto No.2 de Chopin com a Orquestra do Theatro Municipal sob regência de Franco Guione. TMRJ.

18 de setembro. Recital de Souza Lima com obras de Beethoven (Sonata No.14), Liszt (Fantasia e Fuga sobre B-A-C-H), Chopin (3 peças), Cassadó, Villa-Lobos (Ciranda No.8 "Vamos atrás da serra, Calunga"), Délibes-Dohnányi. Salão Nobre do Ginásio do Estado, Santos, SP. [acesse aqui o programa]

1º de outubro. Francisco Mignone acompanha ao piano a cantora Zinka Milanov em um recital com obras de Schumann, Grieg, Strauss, Gretchaninov, Kunz, Ponchielli, Verdi. Francisco Mignone solou suas peças Valsa elegante, Lenda sertaneja No.7 e Congada.

8 de outubro. Recital de Fructuoso Vianna com obras de Bach (incluindo a Fantasia e fuga em sol menor), Chopin (5 peças), Villa-Lobos (Saudades das selvas brasileiras - talve as 2 danças), e Fructuoso Vianna (7 Miniaturas sobre temas brasileiros, Acalanto e Dança de negros). Theatro Municipal de Campinas, SP. [acesse aqui o programa]

9 de outubro. Recital de Magda Tagliaferro com o Quarteto Léner com obras de Mozart (Quarteto No.1 em sol menor), Fauré (Quarteto No.1 em dó menor), Franck (Quinteto em fá menor). TMRJ. [acesse aqui o programa]

11 de outubro. Recital de Ricardo Odnoposoff (violino) e Fritz Jank (piano) pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

13 de outubro. Recital de Witold Malcuzynski com obras de Chopin (incluindo a Sonata No.2). TMRJ.

25 de outubro. Recital de Fructuoso Vianna. Salão Nobre da Biblioteca Pública. Pelotas (RS).

30 de outubro. Recital de Fructuoso Vianna com obras de Bach (2 peças), Scarlatti (2 Sonatas), Brahms (2 peças), Chopin (3 peças), Albéniz, Granados, e Fructuoso Vianna (Berceuse do sabiá, Toada No.1 e Corta-jaca). Salão Nobre da Biblioteca Pública, pelo Conservatório de Música de Pelotas (RS). [acesse aqui o programa]

30 de outubro. Recital em homenagem aos músicos Laïs Lopes Wallace, Aloysio de Alencar Pinto e ao jornalista Théo Filho. Diversos pianistas interpretaram obras de Arthur Napoleão (Romance), Francisco Mignone (Valsa elegante), Raff, Chopin, Alberto Nepomuceno (Minueto), Mendelssohn, Philipp, Schubert-Heller, Beethoven, Paurillo Barroso (Dança oriental). Conservatório Alberto Nepomuceno, Fortaleza (CE). [acesse aqui o programa]

Novembro. Curso de aperfeiçoamento ministrado por Magda Tagliaferro. Auditório da Gazeta, São Paulo.

4 de novembro. Recital de Fructuoso Vianna com obras de Bach (incluindo a Fantasia e fuga em sol menor), Chopin (5 peças), Villa-Lobos (Saudades das selvas brasileiras, talvez as duas danças), Fructuoso Vianna (7 Miniaturas sobre temas brasileiros, Acalanto e Dança de negros). Instituto de Belas Artes, Porto Alegre (RS). [acesse aqui o programa]

7 de novembro. Souza Lima sola o Concerto No.5 de Beethoven, o Concerto No.4 de Saint-Saëns e o Concerto No.1 de Liszt com orquestra não-identificada sob regência de Armando Belardi. TMSP. [acesse aqui o programa]

11 de novembro. Recital de Fructuoso Vianna com obras de Bach, Scarlatti (2 Sonatas), Chopin (5 peças), e Fructuoso Vianna (Serenata espanhola, Acalanto, Toada, Berceuse do sabiá e Dança de negros). Clube Comercial, cidade não-identificada. [acesse aqui o programa]

20 de novembro. Guiomar Novaes sola o Concerto sob formas brasileiras, de Hekel Tavares, com orquestra não-identificada sob regência do próprio compositor. Souza Lima também participou deste concerto (como pianista ou regente). Teatro Coliseu, Santos (SP). [acesse aqui o cartaz de divulgação]

22 de novembro. Recital de Magda Tagliaferro. Salão Nobre da Biblioteca Pública, Pelotas (RS).

27 de novembro. Recital de Alexander Borovsky com obras de Bach, Chopin, Nepomuceno-Barrozo Netto (Prece), Lopez, Liszt. TMRJ.

27 de novembro (mesmo dia do recital acima, porém em horário diferente). Yolanda Ferreira sola o Concerto de Bortkiewicz com a Orquestra do Theatro Municipal sob regência de Henrique Spedini. TMRJ.

3 de dezembro. Recital de Guiomar Novaes com obras de Brahms (Valsas), Bach-Busoni (2 Prelúdios-corais), Handel (Chacona), Chopin (Sonata No.3), Octavio Pinto (Improviso), Dez canções populares brasileiras (Ó ciranda, ó cirandinha, O bastão ou Mia gato, Manda tiro, tiro lá, Na Bahia tem, Rosa amarela, Senhora Dona Sancha, Vamo Maruca vamo, Acordei de madrugada, Pirolito que bate bate, Viva o carnaval, Garibaldi foi à missa), Scriabin (2 peças). Teatro Municipal de Campinas (SP). [acesse aqui o programa]

7 de dezembro. Souza Lima sola o Concerto em formas brasileiras, de Hekel Tavares, com a Orquestra Sinfônica Municipal sob regência do compositor. TMSP.

9 de dezembro. Nasce o pianista Antonio Guedes Barbosa, em João Pessoa (PB).

No mundo

Centenário de nascimento de Piotr Ilitch Tchaikovsky.

16 de janeiro. Guiomar Novaes sola o Momoprecoce (em 1ª audição nos EUA) de Villa-Lobos, e o Concerto No.9 de Mozart com a Orquestra Sinfônica Nacional (EUA) sob regência de Hanks Kindler. Lyric Theatre, Baltimore, Maryland, EUA. [acesse aqui o programa]

2 de março. Recital de Guiomar Novaes com obras de Couperin, Daquin, Scarlatti (2 Sonatas), Bach (Fantasia cromática e Fuga), Brahms (Sonata No.3), Villa-Lobos (Branquinha (A boneca de louça), Moreninha (A boneca de massa), Pobrezinha (A boneca de trapo) e O polichinelo, de A prole do bebê No.1), Chopin. Town Hall, Nova York, EUA. [acesse aqui o programa]

9 de março. Estreia americana de Magda Tagliaferro, que solou o Concerto de Schumann com a Philharmonic-Symphony Orchestra sob regência de John Barbirolli. Carnegie Hall, Nova York, EUA.

Março (provavelmente dia 17). Recital de Gloria Maria. Nova York, EUA.

1º de abril. Recital de Magda Tagliaferro com obras de Schumann, Bach, Fauré, Debussy, Saint-Saëns. Foram tocados diversos bis, incluindo peças de Chopin. Town Hall, Nova York, EUA.

29 de agosto. Falece o pianista e compositor belga Arthur De Greef, um dos alunos de Liszt, e professor da pianista brasileira Lúcia Branco.

16 de outubro. "A Festival of Brazilian Music - Program 1 - The choros". Romeu Silva e sua orquestra interpretam obras de Ernesto Nazareth (Turuna, Apanhei-te cavaquinho e Odeon), Vadico (Choro em fá menor, para piano e percussão) e Villa-Lobos (Passarinho do relógio). Candido Botelho (tenor) e Constantine Callinicos (piano) interpretam canções de Camargo Guarnieri (Sai aruê), Lorenzo Fernandez (Canção do mar e Toada pra você) e Francisco Mignone (A coieita). Bernardo Segall interpreta obras de Camargo Guarnieri (Dança brasileira), Fructuoso Vianna (4 das 7 Miniaturas - Canto infantil, Dança de negros, Tanguinho e Dança caipira), e Villa-Lobos (Choros No.5 "Alma brasileira"). Candido Botelho (tenor), Romeu Silva e sua orquestra interpretam obras de Hekel Tavares (Funeral de um rei nagô e Banzo), Huberto Porto (Yayá baianinha) e Villa-Lobos (Xangô). Burle Marx, Ellen Stone, Phillip Palmer, H. Jacobs e Simon Karasick interpretam o Choros No.4 de Villa-Lobos. João Chagas e Romeu Silva e sua orquestra interpretam Bambino, de Ernesto Nazareth. Michel Gussikoff (violino) e Engelbert Roentgen (violoncelo) interpretam os Choros Bis, de Villa-Lobos. Burle Marx rege orquestra não-identificada interpretando o Choros No.7 de Villa-Lobos. Elsie Houston e Romeu Silva e sua orquestra interpretam canções folclóricas em arranjos de Luciano Gallet (Tayeras), Elsie Houston (Guriatã), e Hekel Tavares (Óia o sapo). Elsie Houston interpreta quatro temas de candomblé (Eua, Odure, Ogum e Exu), e É oro só (com percussão). Museu de Arte Moderna (The Museum of Modern Art), Nova York, EUA.

17 de outubro (mesmo programa do recital do dia 16). "A Festival of Brazilian Music - Program 1 - The choros". Romeu Silva e sua orquestra interpretam obras de Ernesto Nazareth (Turuna, Apanhei-te cavaquinho e Odeon), Vadico (Choro em fá menor, para piano e percussão) e Villa-Lobos (Passarinho do relógio). Candido Botelho (tenor) e Constantine Callinicos (piano) interpretam canções de Camargo Guarnieri (Sai aruê), Lorenzo Fernandez (Canção do mar e Toada pra você) e Francisco Mignone (A coieita). Bernardo Segall interpreta obras de Camargo Guarnieri (Dança brasileira), Fructuoso Vianna (4 das 7 Miniaturas - Canto infantil, Dança de negros, Tanguinho e Dança caipira), e Villa-Lobos (Choros No.5 "Alma brasileira"). Candido Botelho (tenor), Romeu Silva e sua orquestra interpretam obras de Hekel Tavares (Funeral de um rei nagô e Banzo), Huberto Porto (Yayá baianinha) e Villa-Lobos (Xangô). Burle Marx, Ellen Stone, Phillip Palmer, H. Jacobs e Simon Karasick interpretam o Choros No.4 de Villa-Lobos. João Chagas e Romeu Silva e sua orquestra interpretam Bambino, de Ernesto Nazareth. Michel Gussikoff (violino) e Engelbert Roentgen (violoncelo) interpretam os Choros Bis, de Villa-Lobos. Burle Marx rege orquestra não-identificada interpretando o Choros No.7 de Villa-Lobos. Elsie Houston e Romeu Silva e sua orquestra interpretam canções folclóricas em arranjos de Luciano Gallet (Tayeras), Elsie Houston (Guriatã), e Hekel Tavares (Óia o sapo). Elsie Houston interpreta quatro temas de candomblé (Eua, Odure, Ogum e Exu), e É oro só (com percussão). Museu de Arte Moderna (The Museum of Modern Art), Nova York, EUA.

18 de outubro"A Festival of Brazilian Music - Program 2 - Popular and concerted rhythms". João Chagas, Romeu Silva e sua orquestra interpretaram obras de João Chagas (Brincando) e Ernesto Nazareth (Nenê). Pery Machado (violino) e Sanford Schlussel (piano) interpretaram obras de Villa-Lobos (Serenidade, A mariposa na luz e O canto do cisne negro). Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Lucile Lawrence (harpa) e Marian Lindsay (soprano) interpretando o Quatuor, de Villa-Lobos. Fernando Alvares interpretou a marcha brasileira Pulo do Gato, de J. Cascata, e a Embolada Corone, de Romeu Silva, com acompanhamento de Romeu Silva e sua orquestra. João Chagas interpretou o samba batucada Terra boa, de Vicente Paiva, com acompanhamento de Romeu Silva e sua orquestra. Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York interpretando obras de Luciano Gallet (Puxa o melão, sabiá, com a soprano Marion Edwards e o tenor Albert Barber; Eu vi amor pequenino, e Toca zumba, com o barítono William Mercer. Elsie Houston (soprano) e Pablo Miquel (piano) interpretaram canções de Camargo Guarnieri (Dona Janaína), Jayme Ovalle (Estrela do mar e Berimbau), e Villa-Lobos (Na paz do outono e Canção do carreiro). Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Bernardo Segall (piano) e Ruth Kenworthy (soprano) interpretanto o Noneto, de Villa-Lobos. Museu de Arte Moderna (The Museum of Modern Art), Nova York, EUA.

19 de outubro"A Festival of Brazilian Music - Program 2 - Popular and concerted rhythms". João Chagas, Romeu Silva e sua orquestra interpretaram obras de João Chagas (Brincando) e Ernesto Nazareth (Nenê). Pery Machado (violino) e Sanford Schlussel (piano) interpretaram obras de Villa-Lobos (Serenidade, A mariposa na luz e O canto do cisne negro). Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Lucile Lawrence (harpa) e Marian Lindsay (soprano) interpretando o Quatuor, de Villa-Lobos. Fernando Alvares interpretou a marcha brasileira Pulo do Gato, de J. Cascata, e a Embolada Corone, de Romeu Silva, com acompanhamento de Romeu Silva e sua orquestra. João Chagas interpretou o samba batucada Terra boa, de Vicente Paiva, com acompanhamento de Romeu Silva e sua orquestra. Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York interpretando obras de Luciano Gallet (Puxa o melão, sabiá, com a soprano Marion Edwards e o tenor Albert Barber; Eu vi amor pequenino, e Toca zumba, com o barítono William Mercer. Elsie Houston (soprano) e Pablo Miquel (piano) interpretaram canções de Camargo Guarnieri (Dona Janaína), Jayme Ovalle (Estrela do mar e Berimbau), e Villa-Lobos (Na paz do outono e Canção do carreiro). Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Bernardo Segall (piano) e Ruth Kenworthy (soprano) interpretanto o Noneto, de Villa-Lobos. Museu de Arte Moderna (The Museum of Modern Art), Nova York, EUA.

20 de outubro"A Festival of Brazilian Music - Program 3 - Villa-Lobos". Walter Burle Marx regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York interpretando as Bachianas brasileiras No.1 de Villa-Lobos. Hogh Ross regeu o coral formado por membros da Schola Cantorum de Nova York interpretando obras de Villa-Lobos (O ferreiro, Canção da saudade, As costureiras). Candido Botelho (tenor) e Constantine Callinicos (piano) interpretaram canções de Villa-Lobos (Sertão no estio, Teiru). Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Candido Botelho (tenor), Loraine Eley (contralto) e Alan Adair (tenor) interpretando Jaquibau, de Villa-Lobos. Walter Burle Marx regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Virginia Johnson (soprano), interpretando a Ária das Bachianas brasileiras No.5 de Villa-Lobos. Arthur Rubinstein interpretou obras de Rubinstein para piano solo (Rudepoema, A prole do bebê No.1 completa, e Impressões seresteiras). Museu de Arte Moderna (The Museum of Modern Art), Nova York, EUA.

20 de outubro (mesmo dia do concerto acima, e mesmo programa, porém em outro horário)"A Festival of Brazilian Music - Program 3 - Villa-Lobos". Walter Burle Marx regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York interpretando as Bachianas brasileiras No.1 de Villa-Lobos. Hogh Ross regeu o coral formado por membros da Schola Cantorum de Nova York interpretando obras de Villa-Lobos (O ferreiro, Canção da saudade, As costureiras). Candido Botelho (tenor) e Constantine Callinicos (piano) interpretaram canções de Villa-Lobos (Sertão no estio, Teiru). Hugh Ross regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Candido Botelho (tenor), Loraine Eley (contralto) e Alan Adair (tenor) interpretando Jaquibau, de Villa-Lobos. Walter Burle Marx regeu o grupo formado por membros da Schola Cantorum de Nova York, com Virginia Johnson (soprano), interpretando a Ária das Bachianas brasileiras No.5 de Villa-Lobos. Arthur Rubinstein interpretou obras de Rubinstein para piano solo (Rudepoema, A prole do bebê No.1 completa, e Impressões seresteiras). Museu de Arte Moderna (The Museum of Modern Art), Nova York, EUA.

4 de dezembro. Arthur Rubinstein interpreta trechos de A prole do bebê No.1, de Villa-Lobos, como parte de um Festival de música brasileira. Museu de Arte Moderna, Nova York, EUA.