1975

No Brasil

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 1975 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Cláudio Richerme de Oliveira Azevedo (categoria "Recitalista"), Maria Olinta Sena Rebouças (dentre outros, na categoria "Revelação"). A obra "Sonata para piano", de Dinorá de Carvalho, foi premiada na categoria "Obra para instrumento solista".

7 a 14 de abril. Realização do I Concurso Nacional de Piano Lúcia Branco. Juri: Esther Scliar, Aleida Schweitzer, Eurico Nogueira França, Fernando Lopes, Homero de Magalhães, Maria da Penha. 1º lugar: Eliane Rodrigues; 2º lugar: Alda de Mattos; 3º lugar: José Carlos Cocarelli; 4º lugar: Joaquim Paulo do Espírito Santo; 5º lugar: Alcione Accarino. Sala Cecília Meireles, Rio de Janeiro. [acesse aqui o livro de candidatos]

14 de abril. Concerto de encerramento do I Concurso de Piano Lúcia Branco. Eliane Rodrigues (1º lugar) interpretou obras de Villa-Lobos (Festa no sertão) e Chopin (Balada No.2). Alda de Mattos (2º lugar) interpretou obras de Camargo Guarnieri (Valsa No.10) e Ravel. José Carlos Cocarelli (3º lugar) interpretou obras de Francisco Mignone (Sonatina No.3) e Prokofieff. Joaquim Paulo do Espírito Santo (4º lugar) interpretou obras de Lorenzo Fernandez (Jongo, 3º mov. da Suíte brasileira No.3) e Chopin. Alcione Accarino (5º lugar} interpretou obras de Marlos Nobre (Homenagem a Rubinstein) e Liszt. Sala Cecília Meireles, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

5 de maio. Recital de Nelson Freire. TMRJ.

14 de junho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Pedro Ignácio Calderón, tendo como solista Rudolf Firkusny. TMRJ.

3 de junho. Recital de Lubov Timofeyeva (1º lugar do Concurso Marguerite Long - Jacques Thibaud) com obras de Haydn (Sonata em lá bemol maior), Schumann (Carnaval e Variações Abegg), Liszt, Ravel, Albéniz, Prokofieff (Sonata No.3 e Três peças breves Op.22). Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro. [acesse o programa aqui]

20 de junho. Recital de Vladimir Ashkenazy pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

26 de junho. Recital de Leonard Rose (violoncelo) e Miguel Proença (piano). pela Sociedade de Cultura Artística de São Paulo.

4 de julho. Magda Tagliaferro sola o Concerto No.5 de Saint-Saëns com orquestra não-identificada regida por Eleazar de Carvalho. TMSP.

19 de julho. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de John Carew, tendo como solista Arthur Moreira Lima. TMRJ.

22 de julho. Estreia do Concerto No.4 para piano e orquestra, de Camargo Guarnieri, por Laís de Souza Brasil, ao piano, em São Paulo.

23 de setembro. Magda Tagliaferro recebe a medalha de ouro Honra ao Mérito concedida pelo Legislativo paulistano em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao País no campo da arte. Sáo Paulo.

7 de outubro. Recital de Nelson Freire. TMRJ.

8 a 12 de outubro. I Bienal de Música Brasileira Contemporânea. Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro. 

No mundo

Diana Kacso fica em 6º lugar no Concurso Internacional de Piano Chopin, em Varsóvia, Polônia, criado em 1927. O 1º lugar deste ano foi do polonês Krystian Zimerman.

Edson Elias fica empatado em 1º lugar com o alemão Amulf von Amim no Concurso Internacional de Música e Dança G. B. Viotti (Concorso Internazionale di Musica e Danza G. B. Viotti), Vercelli, Italia.

Edson Elias é um dos semifinalistas e recebe medalha de bronze no Concurso Internacional de Música de Genebra (Suíça), criado em 1939. Não houve 1º lugar neste ano. O 2º lugar foi do americano William Westney.

8 de janeiro. Recital de Mieczyslaw (Miecio) Horszowski com obras de Pistoia, Beethoven, Kokkonen, Schubert (Sonata Op.78). Curtis Hall, Curtis Institute, Philadelphia (PA), EUA. [acesse aqui o programa]

2 de fevereiro. Recital de Caio Pagano com obras de Pousseur (Apostrophe et Six Réfléxions), Beethoven (Variações Diabelli). Hunter College Playhouse, Nova York, EUA.