2000

No Brasil

Pianistas ganhadores do prêmio APCA 2000 (Associação Paulista de Críticos de Artes): Beatriz Balzi (categoria "Instrumentista").

É inaugurada a Sala Baden Powell, no lugar do antigo Cine Ricamar, Rio de Janeiro.

Realização do 1º Concurso Nacional de Piano de Música Brasileira “Spartaco Rossi”, no Conservatório de Tatuí, SP. 1º lugar: Cristian Budu. Comissão julgadora: Leila Mutanen Tai, Gilberto Tinetti e Mauricy Martin.

2 de abril. Concerto da Orquestra Petrobrás Pró-Música sob regência de Roberto Tibiriçá tendo como solista Mikhail Rudy. TMRJ.

15 de abril. Adriano Jordão sola o Concerto para mão esquerda, de Ravel, com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Sílvio Barbato. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

18 de abril. Concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Sílvio Barbato, tendo como solista Egberto Gismonti interpretando obras suas. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

6 de maio. André von Franzunkiewicz sola o Concerto de Grieg com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Marcelo Ramos. Sala Martins Penna, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

23 de maio. Marisa Tanzini sola o Concerto No.27 de Mozart com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Daniel Lipton. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.
 
29 de maio. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Henrique Morelenbaum tendo como solista Nelson Freire. TMRJ.

30 de maio. Miguel Proença sola o Concerto No.12 de Mozart com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Mats Liljefors. Sala Martins Penna, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

31 de maio. Fernanda Chaves Canaud sola o Concerto em formas brasileiras, de Hekel Tavares, com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Julio Medaglia. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

3 de junho. Concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal sob regência de Fábio Mechetti tendo como solista Arnaldo Cohen. TMRJ.

9 de junho. Recital "Um piano a muitas mãos - ajudando a carregar um piano para a Rádio MEC", com apresentação de Luiz Carlos Saroldi. Antonio Adolfo interpretou improvisações de sua autoria. Clara Sverner tocou obras de Villa-Lobos (Valsa da dor e Impressões seresteiras), Lilian Barreto e Linda Bustani interpretaram obras de Ernesto Nazareth em arranjo para duo de piano (Apanhei-te cavaquinho, Odeon, Brejeiro e Escorregando), Maria Josephina interpretou duas Valsas de esquina, de Francisco Mignone. Maria Teresa Madeira tocou 3 peças de Chiquinha Gonzaga (Lua branca, Atraente, e Biónne), Osmar Milito duas peças de sua autoria (Planalto geral e Ao amigo Tom), e uma de Legrand. Ruth Serrão 4 Prelúdios de Claudio Santoro, e 3 Prelúdios de Antonio Guerreiro (estes últimos em 1ª audição mundial). Sérgio Ricardo tocou 3 peças de sua autoria (Um abraço à Marília, Zeldo e Tocata). Carolina Cardoso de Menezes interpretou Gaúcho (Corta-jaca), de Chiquinha Gonzaga e 2 peças de sua autoria (Caboclinhos e Lembrando Nazareth). Sala Cecília Meireles, Rio de Janeiro. [acesse aqui o programa]

12 de agosto. Recital de Daniel Barenboim. TMRJ.

19 de agosto. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira tendo como solista Arnaldo Cohen. TMRJ.

28 de agosto. Concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira sob regência de Mendí Rodan tendo como solista Jean-Louis Steuerman. TMRJ.

7 de outubro. Concerto da Orquestra Sinfônica tendo como solista Arthur Moreira Lima. TMRJ.

10 de outubro. Ney Salgado sola o Concerto de Schumann com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Marcelo Ramos. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

6 de novembro. Angelin Loro sola o Concerto de Gershwin com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência de Sílvio Barbato. Sala Villa-Lobos, Teatro Nacional Claudio Santoro, Brasília.

7 de novembro. Arthur Moreira Lima sola a Fantasia para tenor, coro, piano solista e orquestra, de Firsanov, com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e o Coro do Rio Grande do Sul, sob regência de Sílvio Barbato. Palácio do Planalto, Brasília.

18 de novembro. Concerto da Orquestra Sinfônica de Köhl sob regência de Yeruham Scharovsky tendo como solista José Feghali. TMRJ.

26 de novembro. Concerto da Orquestra Petrobrás Pró-Música sob regência de Roberto Tibiriçá tendo como solista Nelson Freire. TMRJ.

No mundo

Débora Halász lança parte da obra para piano de Villa-Lobos, em 4 volumes, pelo selo BIS.

27 de janeiro. Falece o pianista austríaco Friedrich Gulda.